Embalagem

Consumidores estão mais atentos aos materiais das embalagens

O workshop on-line realizado pelo Instituto de Embalagens nos dias 28 e 29 de abril abordou como a pandemia da Covid-19 tem alterado as tendências de consumo de embalagens no Brasil e trouxe à tona questões sobre a sustentabilidade no

Novelis reciclou cerca de 64% das latinhas no Brasil em 2020

O Brasil se manteve entre os líderes mundiais em reciclagem de latas para bebidas em 2020, com índice de 97,4% da produção (391.500 t ou 31 bilhões de unidades), conforme divulgado pela Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) e Associação Brasileira

Brasil recicla 97,4% das latas de alumínio produzidas em 2020

Apesar da pandemia da Covid-19, a indústria do alumínio encerrou o ano passado com o índice de reciclagem de latas para bebidas estável na comparação com 2019, somando 97,4% da produção. Ao todo, foram recicladas 391,5 mil t., que correspondem a

Nespresso lança no Brasil sistema de cafés mais sustentável

A Nespresso acaba de colocar na praça brasileira o sistema Vertuo, cuja máquina é produzida com 50% de plástico reciclado. A expectativa é de que as cápsulas de alumínio dessa novidade também contenham 85% de metal reciclado até 2022. As ações

L’Occitane adota bisnaga de alumínio reciclado pós-consumo em 2021

A multinacional francesa da indústria de cosméticos, L’Occitane en Provence, anunciou que fará a substituição, até o final deste ano, das atuais bisnagas de alumínio de seus produtos por uma embalagem similar de alumínio reciclado pós-consumo. A tecnologia reduz as

Trivium Argentina amplia reciclagem de latas de aerossol de alumínio

A Trivium Packaging, fornecedora global de embalagens metálicas sustentáveis, está promovendo uma ação de reciclagem inovadora na Argentina. O objetivo principal é aumentar a coleta e reutilização de latas de aerossol de alumínio. A partir da parceria firmada com a

Setor de embalagens oscila positivamente em 0,5% em 2020

Apesar dos desafios impostos pela pandemia da Covid-19, a produção de embalagens subiu 0,5% no ano passado, de acordo com estudo macroeconômico elaborado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV) para a Associação Brasileira de Embalagens (Abre).

Rolar para cima