truck-in-rehabilitated-area-huntly-australia-131

Ibram afirma que produção mineral cresceu 11% em 2019

Metodologia usada pelo instituto é diferente da utilizada pelo IBGE

No mesmo dia em que o IBGE divulgou que a indústria extrativa apresentou queda de 9,7% em 2019, sendo determinante para recuo de 1,1% no desempenho da produção industrial brasileira, o Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) apresentou outros resultados: segundo o órgão, a produção mineral, excluindo os segmentos de óleo e gás, cresceu 11% em 2019 (em dólares).

A metodologia usada pelo Ibram, conhecida como Produção Mineral Brasileira (PMB), é diferente da utilizada pelo IBGE. A PMB leva em conta a média do volume de produção dos bens minerais produzidos no Brasil, preços praticados no mercado nacional e internacional, e também o comércio exterior do setor de mineração.

Dessa forma, pelos cálculos do Ibram, o crescimento de 11% em 2019 reflete o resultado de US$ 38 bilhões ante US$ 34 bilhões do ano anterior.

O Ibram destaca que reconhece a maneira de mensuração do IBGE como significativa para acompanhar o mercado interno brasileiro. No entanto, como o setor de mineração é considerado insumo para toda cadeia industrial brasileira e o produto final só é contado uma única vez nessa metodologia, optou por desenvolver aferição própria, mais aderente ao segmento que representa.

LEIA TAMBÉM: 
Especial Mineração de Bauxita: como é feita a extração e qual a importância da atividade para o Brasil
ABAL integra grupo que vai instalar Conselho Setorial da Mineração

Veja também:

Hydro tem lucro de US$ 270 milhões no 2° trimestre de 2021

A multinacional de origem norueguesa Hydro divulgou, neste mês de julho, os resultados financeiros das suas operações no segundo trimestre de 2021. A companhia teve lucro líquido de 2,38 bilhões de coroas norueguesas (US$ 270,45 milhões) no período, revertendo o prejuízo de 1,48 bilhão em 2020. A receita registrou alta de 36% em relação ao

Novelis conta com programa de mentoria reversa no Brasil

A Novelis lançou há dois anos um programa de mentoria reversa. Na prática, os jovens líderes da empresa promovem sessões de conversa – que duram cerca de seis meses – com diretores e vice-presidentes. O objetivo é promover uma troca de experiências e até gerar ações concretas.  “É a forma de a gente entender o

Alcoa oferta vagas para projeto Filtro Prensa em Poços de Caldas (MG)

A Alcoa e as empresas contratadas responsáveis pelo Projeto Filtro Prensa da fábrica em Poços de Caldas (MG) abriram 39 vagas de emprego para colaboradores diretos e indiretos, com foco nas obras de implantação e operação da nova tecnologia. Para colaboradores diretos (Alcoa) 12 vagas para a área operacional; 2 vagas para mecânico; 2 vagas

Rolar para cima