Alcoa fortalece abastecimento de oxigênio em Juruti. Foto-Oslan Silva-Alcoa

Covid-19: Alcoa percorre longas distâncias para abastecer regiões afastadas com oxigênio

Desafio logístico envolve viagens de até 20 horas pelo Estado do Pará

Desde o início de 2021, a Alcoa já disponibilizou cerca de 5.500 m3 cúbicos de oxigênio para o município paraense de Juruti, onde possui uma operação com bauxita.

A companhia tem mobilizado um time de profissionais em uma complexa logística de quase 2 mil km de distância de Juruti até Belém, capital do Estado, para adquirir os cilindros e não interromper o tratamento dos pacientes acometidos pela Covid-19.

“Estamos em força-tarefa, mobilizados na Alcoa e em parceria com o Consórcio Juruti Melhor. Já foram realizadas seis viagens de ida e volta para reabastecimento de oxigênio para Juruti”, afirma Naum Pinheiro, gerente de Aquisição & Logística da Alcoa Juruti.

O executivo acrescenta que, “apesar das dificuldades e das longas distâncias, a disposição da Alcoa e de cada pessoa do time que vem trabalhando diretamente nesse processo é contribuir com a comunidade e continuar salvando vidas”.

Neste ano, a empresa também atuou no transporte de 95 cilindros para outros municípios, em ação conjunta com o Governo do Estado do Pará, beneficiando Alenquer, Curuá, Óbidos, Oriximiná, Prainha e Terra Santa. 

Recentemente, anunciou o investimento na locação de uma usina de oxigênio para reduzir a dependência de Juruti em relação a esse mercado. Com isso, a capacidade de produção local será de 480 m³/dia de oxigênio. O volume é equivalente ao consumo médio diário dos hospitais 9 de abril e Municipal Francisco Rodrigues Barros.

 

Veja também:

Indústrias do alumínio investem mesmo em meio à crise econômica e sanitária

Desde o ano passado, a pandemia do novo coronavírus tem exigido uma série de adaptações para que a indústria do alumínio continue a operar no País, já que a atividade é considerada essencial, levando em consideração a segurança e bem-estar dos profissionais. No entanto, nem mesmo o cenário imprevisível de crise tem impedido as companhias

Com apoio da ABAL, Nova Lei do Gás é sancionada

Na última quinta-feira (8/4), o presidente da república, Jair Bolsonaro, sancionou a lei 14.134/2021, que trata do novo marco regulatório do gás natural no país. O texto altera o regramento das atividades relativas ao transporte de gás previstas no art. 177 da Constituição Federal, entre outras ações.   A construção e ampliação de gasodutos pela

Evento ABAL Insights: 2021 deve ser positivo para a indústria do alumínio

O mercado global de alumínio, os efeitos da pandemia da Covid-19 e os cenários para 2021 foram tema do ABAL Insights, evento on-line realizado pela Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) para os seus associados no dia 7 de abril. Ross Strachan, analista sênior de Alumínio Primário e Produto Transformado da CRU International, apresentou uma visão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima