Nespresso reciclagem 3

Programa de reciclagem de cápsulas de alumínio da Nespresso completa 10 anos

Companhia reforça o compromisso com a gestão de resíduos do seu negócio no país

A Nespresso, empresa que atua no segmento de cafés porcionados, está comemorando 10 anos do programa de reciclagem de cápsulas de alumínio. Atualmente, as embalagens usadas pelos consumidores são enviadas para o centro de reciclagem da companhia, em Osasco, Região Metropolitana de São Paulo, local onde é a feita a separação dos resíduos, sem o uso de água.

A marca investe mais de R$ 5 milhões por ano em ações ligadas à reciclagem e conta com mais de 200 pontos de coleta pelo país.

“Com a pandemia, nossos esforços têm sido redobrados, incentivando ainda mais a separação dos resíduos em casa e recomendando a melhor forma de descarte. Vale ressaltar que a Nespresso oferece a todos os consumidores pelo menos uma solução para a reciclagem de cápsulas usadas. Nossa meta é chegar a 20% de reciclagem efetiva até o fim de 2021 e 50% até 2025″, relata Cecilia Seravalli, gerente de Sustentabilidade da companhia no Brasil.

Processo de reaproveitamento

Enquanto o pó de café retirado das embalagens é compostado, tornando-se adubo orgânico, o alumínio, material infinitamente reciclável, retorna para o mercado de formas variadas, tais como canetas, bicicletas e até esquadrias para a construção civil.

Entre os benefícios da utilização do metal reciclado, destaca-se o fato de necessitar 95% menos energia quando comparado à fabricação do alumínio primário, além de colaborar com a redução significativa na pegada de carbono.

Por esses motivos, a Nespresso assumiu recentemente o compromisso de, até 2022, produzir suas cápsulas das linhas Original e Vertuo com alumínio reciclado — 80% e 85%, respectivamente. A companhia também pretende tornar-se carbono neutro até o próximo ano.

                                                                                                                                           

Veja também:

Tecnologia Dynamark permite a impressão personalizada em lata de alumínio

A Dynamark, solução introduzida no mercado em 2012 pela fabricante de latas de alumínio para bebidas Ball, torna possível a customização de rótulos, com a impressão de até 24 artes diferentes por palete. E foi essa tecnologia que possibilitou a realização da campanha “Marca na Lata”, do Guaraná Antarctica em parceria com a agência Soko.

Stella Artois lança cerveja em garrafa de alumínio no mercado norte-americano

A Stella Artois lança uma cerveja em garrafa de alumínio que integra uma campanha de apoio a restaurantes e bares chamada “Open for Good”, da James Beard Foundation. A iniciativa visa colaborar com os estabelecimentos dos Estados Unidos afetados pela pandemia do novo coronavírus. De 414 ml, a garrafa tem design personalizado, é resistente e contém

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima