hand-disinfection-4954840_1280 (1)

Hydro ajuda sete municípios paraenses no combate à pandemia

Empresa vai doar cestas básicas e kits de testes para detecção do novo coronavírus

A Hydro fará a distribuição de 25 mil cestas básicas e materiais de higiene para famílias em maior vulnerabilidade social, que vivem nos municípios próximos das suas atividades no Estado do Pará: Paragominas, Ipixuna do Pará, Tomé-açu, Acará, Moju, Abaetetuba e Barcarena. Além disso, a companhia vai entregar cinco mil kits para testes de detecção do novo coronavírus na região.

“A Hydro é uma empresa responsável e estamos participando do esforço coletivo para impedir a disseminação. Fazemos isso implementando as medidas necessárias em nossas plantas e escritórios, mas também apoiando os esforços coletivos para combater a Covid-19. Temos estabelecido um diálogo proativo com as autoridades, com o objetivo de colaborar nas áreas em que estamos presentes”, explica John Thuestad, vice-presidente-executivo da Hydro.

Segundo a companhia, as doações devem chegar à região a partir do dia 13 de abril. Além disso, a comunicação com os municípios será contínua, para apoiar os esforços de combate à Covid-19.

Veja também:

Produção global de alumínio primário cresce 4,22% em dezembro de 2020

O International Aluminium Institute (IAI) divulgou o resultado da produção global do metal primário em dezembro de 2020, que somou 5,6 milhões de toneladas, um aumento de 4,22% em comparação ao mesmo período de 2019. Apesar disso, a média diária de produção foi 0,33% menor em relação a novembro do ano passado. De acordo com

Alubar aumenta capacidade produtiva com novo laminador no Pará

Após nove meses, a Alubar finalizou o projeto do 4º laminador da fábrica localizada em Barcarena (PA). Com a instalação do equipamento, a companhia terá um incremento médio de 30 mil t/a na produção de vergalhões de ligas de alumínio e deve reduzir a importação de insumos, com impacto direto nos custos. A operação e

MRN atinge meta de reflorestamento em 2020 no Pará

A Mineração Rio do Norte (MRN), que mantém uma operação com bauxita na Floresta Nacional Saracá-Taquera, no município paraense de Oriximiná, finalizou o ano de 2020 com mais de 500 ha de área reflorestada. O resultado ficou acima da média anual, que gira em torno de 350 a 400 ha. Ao todo, o trabalho envolveu

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima