WhatsApp Image 2020-11-10 at 14.01.12

Brasil recicla 97,6% das latas de alumínio em 2019 e setor assina termo de compromisso para reaproveitamento da embalagem

Anúncio da marca e assinatura do documento foram feitos durante cerimônia de inauguração de Centro de Coleta da Novelis no Distrito Federal

Termo de Compromisso da Logística Reversa das Latas de Alumínio para Bebidas — criado em cumprimento à Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) — foi celebrado nesta terça-feira (10/11), em Águas Claras (DF), entre entidades do setor do alumínio e o Governo Federal. A cerimônia ocorreu durante a inauguração do Centro de Coleta da Novelis na região.

O documento trata do aperfeiçoamento do sistema de logística reversa da lata de alumínio, com a manutenção do elevado índice de reciclagem em patamar de 95%, média histórica dos últimos 20 anos. O termo foi assinado por Ricardo Salles, Ministro do Meio Ambiente (MMA); Milton Rego, presidente-executivo da Associação Brasileira do Alumínio (ABAL); e Cátilo Cândido, presidente-executivo da Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alumínio (Abralatas).

“Fruto do entendimento entre os setores público e privado e sociedade, o texto reforça ainda mais o compromisso da indústria do alumínio com um futuro mais sustentável e baseado em uma economia circular de fato, além da importância do metal como solução para a gestão de resíduo sólidos no País”, afirma Milton Rego, da ABAL.

Aumento da reciclagem

Durante o evento, o dirigente da ABAL anunciou o novo índice brasileiro de reciclagem da latinha, o qual alcançou 97,6% em 2019. Foram 375,5 mil t vendidas, um aumento de 13,7 % em relação ao ano anterior, e 366,8 mil t coletadas, incremento de 14,7% ante 2018. Assim, o País permanece como um dos maiores recicladores do item no mundo, com reaproveitamento superior à média global.

Novo Centro de Coleta

O ponto de coleta da Novelis em Águas Claras (DF) terá capacidade de processamento mensal de 5 mil t/ano, viabilizando a destinação adequada para a unidade recicladora da empresa em Pindamonhangaba (SP), considerada a maior da América Latina.

A inauguração conclui os investimentos de R$ 650 milhões da empresa, valor empregado na expansão da capacidade de laminação de 580 para 680 mil t/ano e da reciclagem de latas de alumínio de 390 para 490 mil t/ano.

Atualmente, a Novelis possui 13 centros de coleta em diversas cidades: Ananindeua (PA), Bauru (SP), Brasília (DF), Campinas (SP), Curitiba (PR), João Pessoa (PB), Juiz de Fora (MG), Parnamirim (RN), Pindamonhangaba (SP), Recife (PE), Salvador (BA), São Paulo (SP) e Sertãozinho (SP).

Veja também:

Henkel prevê crescimento das vendas para a indústria de latas de alumínio

Multinacional alemã que atua desde 1955 no Brasil, a Henkel está otimista com a área de negócios da divisão de Tecnologias em Adesivo. O setor atende a cadeia produtiva de latas de alumínio com uma variedade de soluções — desde as bobinas do metal até o produto acabado. Considerando o impacto da pandemia da Covid-19,

Embalagens de alumínio: setor projeta crescimento ponderado para 2021

A cadeia produtiva de embalagens de alumínio sofreu o forte impacto da paralisação do país em março do ano passado, em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Em função do cenário adverso, o comportamento do consumidor foi de retração, o que impactou o resultado do mercado em 2020, assim como ocorreu em outros setores industriais.

Crown Embalagens investe em nova fábrica em Uberaba (MG)

A Crown Embalagens anunciou que pretende instalar uma nova unidade em Uberaba (MG), conforme divulgou o portal Foodbev media. A fábrica terá capacidade de produção de 2,4 bilhões de latas de alumínio para bebidas por ano e deve gerar mais de 100 empregos diretos. A conclusão está prevista para o primeiro semestre de 2022. “O

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima