Empresas_premiadas_por_boas_práticas_de_segurança (1)

Alubar premia boas práticas de segurança preventiva de empresas contratadas

Prêmio visa à manutenção do comportamento seguro em suas atividades

Em 2019, a Alubar – empresa que atua na fabricação de cabos elétricos de alumínio – envolveu 420 colaboradores de empresas terceirizadas na 8ª edição do Programa Ciclo de Segurança das Contratadas. As melhores práticas foram premiadas neste mês de março.

A continuidade e a evolução de programas como esse contribuem para o amadurecimento da cultura de prevenção na organização”, reconhece Nuremberg Soria, coordenador de Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho da Alubar. “A melhoria do sistema de gestão de saúde e segurança do trabalho só é possível com o compromisso e a dedicação de todos — e em todos os níveis da organização — de se criar e manter uma cultura interdependente que seja genuinamente aceita como um valor organizacional.” 

Premiados
Na categoria Master, que contempla empresas com mais de 15 colaboradores, foram premiadas as seguintes empresas:
1º lugar – Executiva
2º lugar – TNC
3º lugar – Sermani

“O bicampeonato é reflexo do nosso trabalho em equipe. Nos unimos pelo objetivo principal que é o acidente zero”, afirma Charlene Mendes, supervisora de Contrato da Executiva.

Na categoria Premium, que conta com empresas com menos de 15 colaboradores, a Transnilson, do setor de Transportes, venceu pela primeira vez.

“Para nossa empresa, a segurança está em primeiro lugar. Estamos sempre orientando, repassando as informações necessárias e pedindo aos empregados que respeitem todas as normas”, declara Elizabeth Lima, representante da Transnilson.

Veja também:

CBA recebe autorização para a importação de gás natural

A Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) obteve autorização do Ministério de Minas e Energia (MME) para importar gás natural, limitado ao volume de 350 mil metros cúbicos por dia. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União da última sexta-feira, 13 de março. A empresa poderá utilizar o volume importado para consumo próprio e

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Menu