Audi TechTalk: Charging. Cutaway model HV battery Audi e-tron

Aluminum Extruders Council lança guia de peças extrudadas automotivas

Ferramenta permite visualizar as aplicações nos automóveis e entender o potencial dos produtos

O Aluminum Extruders Council (AEC), associação internacional dedicada a promover a utilização de produtos extrudados de alumínio na América do Norte, disponibilizou um guia automotivo interativo em seu site (www.aec.org/solutions). 

A ferramenta permite visualizar todas as aplicações e compreender em profundidade o potencial dos produtos extrudados na redução de peso dos veículos, ajudando as fabricantes de automóveis a atingir as metas de eficiência energética cada vez mais rígidas.

O guia interativo lista os diversos sistemas do veículo em que os produtos extrudados de alumínio são aplicáveis e como eles podem agregar valor para os fabricantes. A relação inclui suportes de teto, subchassi, compartimentos de baterias e travessas, dentre outros itens. 

Quando um dos sistemas é selecionado, três opções são disponibilizadas: 

Visão geral — Explica a função e o funcionamento do sistema selecionado, além de tecer considerações gerais sobre a aplicação dos produtos extrudados de alumínio.

Materiais e performance — A partir das métricas de performance usadas pelas fabricantes, indica as vantagens dos produtos de alumínio extrudado. Aponta também quais são as ligas disponíveis para o sistema selecionado e suas principais características.

Histórias de sucesso Cita exemplos do mundo real que utilizam peças produzidas com alumínio extrudado. 

As vantagens dos produtos extrudados

O processo de extrusão do alumínio permite a criação de designs com geometria complexa e diferentes espessuras na mesma peça, permitindo que pontos específicos sejam reforçados. 

Dessa forma, podem combinar diferentes funções, como absorção de energia em caso de colisão, rigidez à torção, resistência considerável com peso mínimo e estanquidade para transferência de fluidos entre peças estruturais de longo comprimento. 

Os compartimentos de baterias são o exemplo mais atual dessa multifuncionalidade. Além de abrigar e proteger um componente fundamental e delicado dos veículos elétricos, elas se integram como um componente estrutural, fundamentais para a rigidez à torção, além de otimizar o seu sistema de refrigeração. 

Segundo a mais recente pesquisa da Ducker Frontier, na América do Norte a média de conteúdo de alumínio extrudado está, atualmente, em 20,41 kg por veículo, um aumento de 1,8 kg em relação à 2016. A previsão é que, até 2030, os produtos extrudados atinjam 31,29 kg.

Veja também:

Volkswagen inaugura centro de reciclagem de baterias de veículos elétricos

A Volkswagen inaugurou, no final de janeiro, sua primeira instalação para reciclagem de baterias de veículos elétricos em Salzgitter, na Alemanha. Na fase inicial, a planta terá capacidade para reciclar 3.600 sistemas de baterias por ano, o equivalente a, aproximadamente, 1.500 t.   É mais um passo no projeto que o grupo alemão vem desenvolvendo há

Alumobility quer fomentar uso do alumínio na indústria automobilística

Novelis e Constellium acabam de criar a Alumobility, organização sem fins lucrativos focada em oferecer às fabricantes de automóveis soluções inovadoras e prontas para serem implementadas, de modo a aumentar a adoção das chapas de alumínio automotivo.  O objetivo da Alumobility é ajudar a desenvolver veículos mais leves, seguros, sustentáveis e inteligentes. Isso se dará

Para a Anfavea, eletrificação de veículos depende de política nacional

Diferente do que acontece em alguns países do exterior, o Brasil ainda não entrou na chamada rota elétrica da indústria automobilística, quando a matriz que move os automóveis passa a ser elétrica e não à combustão. Segundo Luiz Carlos Moraes, presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), para que isso aconteça, é

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima