AdobeStock_343295359

“Vamos nos defender nos fóruns adequados”, promete dirigente da ABAL após EUA anunciar aumento nas alíquotas sobre chapas de alumínio brasileiras

Governo norte-americano anuncia aumento prejudicial às exportações das empresas nacionais

Os Estados Unidos informaram hoje que as alíquotas das chapas de alumínio importadas de dezoito países, dentre eles o Brasil, podem sofrer um adicional que varia de 49,48% a 136,78%. Atualmente, os exportadores brasileiros pagam uma taxa de cerca de 15% no mercado americano.

De acordo com Milton Rego, presidente-executivo da Associação Brasileira do Alumínio (ABAL), a ação pode ser extremamente danosa para a produção brasileira.

“Assistimos com preocupação à escalada de restrições impostas pelos Estados Unidos aos seus parceiros comerciais. O processo começou com sanções à China e vem recrudescendo desde então”, lembra o dirigente.

A intenção anunciada nesta sexta-feira (9) pelo governo norte-americano é algo sem precedentes nas relações de comércio internacional, frisa Milton Rego.

Milton Rego, presidente-executivo da Associação Brasileira do Alumínio (ABAL). (Imagem: ABAL/DanielaToviansky)

“A ABAL e suas associadas estão se defendendo nos fóruns adequados. A atitude de estipular taxas antes mesmo de concluída a investigação sobre uma suposta prática de dumping prejudica enormemente o Brasil, uma vez que os Estados Unidos são o principal mercado comprador das nossas chapas de alumínio.”

Veja também:

Hydro divulga Relatório de Sustentabilidade 2019

A Hydro acaba de lançar o Relatório de Sustentabilidade referente às atividades de 2019, com informações de suas operações no Brasil até agosto deste ano. A publicação apresenta o desempenho da companhia em diversas áreas, como energia e mudança climática, gestão de recursos, integridade, direitos humanos e impactos na comunidade, inovação, entre outros. “Neste relatório,

Metalex anuncia investimento e se reposiciona no mercado de alumínio

A planta da Metalex instalada em Araçariguama, a cerca de 60 km de São Paulo, receberá investimento de R$ 50 milhões para ser expandida nos próximos três anos. Um dos braços da Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) desde 2010, a empresa, além de ampliar sua produção e capacidade de reciclagem do alumínio, pretende entregar tarugos

Novelis valoriza a diversidade em programa de estágio

Estudantes de cursos Técnico e Superior interessados em atuar no setor do alumínio já podem se inscrever no Programa de Estágio da Novelis. A companhia oferece mais de 50 vagas nas cidades de São Paulo, Santo André e Pindamonhangaba (SP). A novidade desta edição é que 50% das ocupações serão destinadas a candidatos que se

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Menu