desempenho_industrial_materia

Produção industrial apresenta crescimento de 1,1% em dezembro de 2023

Segundo o IBGE, metal e metalurgia estão entre os setores que contribuíram para a expansão da produção do setor

A produção industrial brasileira fechou o ano de 2023 com um crescimento significativo de 1,1% em dezembro, em comparação com o mês anterior, de acordo com dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado marca o 5º mês consecutivo de expansão na produção industrial, acumulando um aumento de 2,5% nesse período.

As influências positivas foram lideradas por indústrias extrativas (7,0%), coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (6,1%) e produtos alimentícios (3,7%).

Dentre as atividades que impulsionaram o setor, destacam-se os segmentos de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (10,4%), veículos automotores, reboques e carrocerias (2,4%), produtos de metal (3,1%), outros equipamentos de transporte (5,7%), máquinas, aparelhos e materiais elétricos (3,2%) e produtos diversos (6,1%).

A indústria relacionada ao metal e à metalurgia desempenhou um papel crucial nesse cenário, contribuindo para a trajetória ascendente observada desde fevereiro de 2023. Apesar disso, a metalurgia enfrentou uma queda de 2,9% em dezembro, enquanto a fabricação de produtos de metal, exceto máquinas e equipamentos, também registrou declínio de 3,3%.

O setor produtor de bens de consumo duráveis apresentou a maior alta, com crescimento de 6,3% em dezembro de 2023, interrompendo três meses consecutivos de queda na produção. Enquanto bens intermediários (1,3%) e bens de consumo semiduráveis e não duráveis (0,1%) também registraram taxas positivas, o setor de bens de capital apresentou o único resultado negativo, com uma queda de 1,2%.

No acumulado do ano, a indústria teve uma variação positiva de 0,2%, evidenciando a resiliência e recuperação gradual do setor.

Apesar da produção industrial como um todo ter ultrapassado o nível pré-pandemia, mantendo-se 0,7% acima do valor registrado em fevereiro de 2020, ainda está 16,3% abaixo do patamar recorde alcançado em maio de 2011. Isso ressalta a necessidade de um crescimento adicional para atingir o nível histórico de 2011.

Crédito da imagem de abertura: Johannes/stock.adobe.com

Veja também:

Ações de voluntariado da Albras transformam realidade de mulheres em situação de vulnerabilidade no Pará

Como parte da iniciativa Voluntários em Ação, colaboradores da Albras, seus familiares e parceiros contratados realizaram, ao longo de 2023, na Fazenda da Esperança, localizada em Abaetetuba, no Pará, uma série de atividades de suporte às mulheres que vivem no local. Muitas delas estão grávidas ou acompanhadas por crianças pequenas. Dentre as ações realizadas pelos

Rumo ao desenvolvimento sustentável: ABAL e governo debatem perspectivas para o alumínio no Brasil

Em audiência realizada em 16 de fevereiro, para discutir oportunidades de impulsionar as vantagens competitivas da indústria do alumínio no Brasil, Janaina Donas, presidente-executiva da Associação Brasileira do Alumínio (ABAL), foi recebida por Geraldo Alckmin, vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC). O encontro também contou com a presença de

Instituto Alcoa abre inscrições para seu Programa de Apoio a Projetos Locais 2024

De 18 de março a 5 de abril, o Instituto Alcoa estará com inscrições abertas para o seu Programa de Apoio a Projetos Locais 2024. A convocatória tem como objetivo colaborar com a missão do Instituto Alcoa de promover, de forma conjunta, a educação e o desenvolvimento dos territórios em que atua. O projeto, desenvolvido

Rolar para cima
Rolar para cima