Alcoa_Locomotiva Verde_materia

Apoiado pela Alcoa Foundation, Projeto Locomotiva Verde compensa emissões de carbono em ferrovia paraense

Impacto causado pelo transporte de bauxita é neutralizado pelo plantio de mudas nativas

Implementado em 2015, em Juruti, no oeste do Pará, o Projeto Locomotiva Verde, visa a compensar as emissões de CO2 do sistema ferroviário por meio do reflorestamento.

A ação conta com o apoio da Alcoa Foundation em parceria com o American Forest e o Instituto Vitória Régia, além da participação de comunitários.

O impacto causado pela operação da locomotiva que transporta o minério de bauxita da mina da Alcoa Juruti para o porto, em um trajeto de 55 km, é neutralizado pelo plantio de mudas nativas.

Em mais de 7 anos, foram plantadas 40 mil mudas de árvores em 24 ha distribuídos em seis comunidades. Ao longo de 20 anos, as mudas devem compensar 1.600 t de CO2 emitidas pela locomotiva.

A o projeto é executado em três etapas, segundo Kaio Coutinho, coordenador do projeto e supervisor de Operação e Manutenção da Ferrovia da Alcoa Juruti:

  • Elaboração de um inventário para quantificar o CO2 emitido pela operação da ferrovia;
  • Definição da quantidade e das espécies que serão plantadas para realizar a compensação;
  • Escolha das áreas a serem contempladas.

“Estamos dialogando e envolvendo a comunidade. Seja na educação ambiental, falando a respeito do progresso sustentável que a Alcoa tem em parceria com a comunidade, seja por meio do ensino e capacitação técnica para produção de mudas. Com isso, a empresa também atende o desejo da comunidade de recuperar essas áreas com espécies que tenham valor comercial, como frutas e essências. É um projeto que visa à evolução sustentável”, afirma o coordenador.

Foto: Divulgação Alcoa

Veja também:

Setor do alumínio fatura R$ 135 bilhões e contribui com 5,6% do PIB industrial

Em 2023, a indústria brasileira do alumínio registrou faturamento de R$ 135 bilhões, segundo o 53º Anuário Estatístico da Associação Brasileira do Alumínio. O setor investiu R$ 5,6 bilhões, gerou mais de 511 mil empregos e viu suas exportações crescerem 21,6%, contribuindo com 5,6% do Produto Interno Bruto (PIB) industrial e registrando um superávit de

Anuário da ABAL mostra o desempenho da indústria brasileira do alumínio em 2023

Apesar dos desafios econômicos e geopolíticos enfrentados em 2023, a indústria brasileira do alumínio mostrou sua força e conquistou resultados significativos. Segundo o 53º Anuário Estatístico da Associação Brasileira do Alumínio, o faturamento da indústria atingiu cerca de R$ 135 bilhões. Destaque para a produção de alumínio primário, que cresceu 26%, atingindo mais de 1

Rolar para cima
Rolar para cima