thumbnail_2.-Yamaha-Tracer-9-2021

Alumínio reduz o peso da moto Tracer 9 da Yamaha na Europa

Metal garante a vantagem mesmo com o aumento da motorização

A nova geração da sport-touring da Yamaha para 2021 mudou de nome:  passou de 900 GT para Tracer 9 e Tracer 9 GT, agora em duas versões. Os modelos foram apresentados recentemente na Europa, totalmente remodelados, incluindo alterações no chassi, motor e pacote eletrônico.

O alumínio está presente no novo quadro denominado Deltabox, mais leve e compacto. O metal também foi empregado na balança traseira e nas rodas. Juntos, esses elementos colaboraram com a perda do peso total da motocicleta, de 215 quilos para 213 quilos.

A redução do peso foi possível mesmo com o aumento do motor. O novo propulsor CP3 tem 890 cm³ de capacidade cúbica, 119 cv de potência e 9,4 kgf.m de torque.

Além da mudança no design, a Tracer 9 recebeu novos equipamentos e um pacote eletrônico mais completo, com quatro modos de pilotagem, controle eletrônico de velocidade e de tração, dispositivo anti-empinamento, entre outros. A versão GT apresenta, ainda, suspensões eletrônicas e malas laterais.

Veja também:

Porsche produz carcaça de alumínio com impressão 3D

A Porsche anunciou a produção do protótipo de uma carcaça para powertrain elétrico usando a tecnologia de impressão 3D. Feita por meio do processo de fusão aditiva a laser, com a liga AlSi10Mg, o modelo integra o motor elétrico e a transmissão de duas velocidades e foi projetado para ser utilizado no eixo dianteiro de

Nova liga de alumínio da Rio Tinto permite uso de conteúdo reciclado por fundidores

A Rio Tinto desenvolveu uma nova família de ligas de alumínio que permite a adição de sucata no processo de fundição a vácuo de alta pressão para a produção de peças automotivas.  Dessa forma, será possível aumentar o uso de conteúdo reciclado e, por consequência, reduzir o impacto ambiental dessas empresas, além dos custos de

Nova técnica aumenta resistência de ligas de alumínio

Pesquisadores da Universidade Monash, de Melbourne, na Austrália, desenvolveram uma técnica capaz de aumentar a resistência à fadiga de ligas de alumínio de alta resistência, trazendo uma boa perspectiva para a aplicação na indústria de Transportes. Em artigo publicado na Nature Communications, os pesquisadores relatam que a técnica conseguiu aumentar a vida útil das ligas,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima