2019 CB650R

Novidades da Honda Motos contam com alumínio na motorização

Metal dissipa melhor o calor e garante mais rendimento e performance

Durante o Salão Duas Rodas 2019, realizado no mês de novembro em São Paulo, a Honda Motos apresentou os lançamentos que devem chegar às concessionárias no primeiro trimestre de 2020. Destaque para os modelos CB 500F e CB 500X, motocicletas de alta cilindrada; a CB 650R (foto acima), inspirada no conceito “Neo Sports Café”; e CBR 650R, ideal para os amantes da velocidade.

Alfredo Guedes, supervisor de Relações Públicas da Honda Motos, conta que nestes novos modelos, o alumínio é empregado principalmente na tampa do motor e nas rodas, e também em outros locais, como nos pontos de fixação do chassi.

“No caso do motor, o metal é importante por causa do baixo peso, resistência, além de dissipar melhor o calor em relação ao ferro fundido. Isso garante mais rendimento e performance”, explica.

Ainda de acordo com Guedes, a montadora também aplica o alumínio nas tampas laterais, cilindro e cabeçote, entre outros componentes.

“No caso das motos de competição, a família de produtos CRF e a CBR 1000 RR Fireblade já utilizam também o chassi de alumínio”, acrescenta.

Dentro da família 500, a CB 500F recebeu aperfeiçoamentos técnicos como embreagem assistida deslizante e revisão do sistema de escape. Já a CB 500X traz como novidade a adoção da roda dianteira de 19 polegadas, que permite ao modelo encarar com agilidade pisos irregulares ou vias sem pavimentação. A linha 650R, por sua vez, garante redução de peso e ganhos na relação peso potência, melhorando o desempenho e ciclística da moto.

Confira mais novidades apresentadas na feira Duas Rodas 2019:

Alumínio garante melhor performance da Scooter Xmax da Yamaha

Moto da Triumph tem redução de 40 kg com chassi de alumínio

Empresa lança baú de alumínio para triciclos elétricos

Crédito da imagem de abertura: Divulgação Honda

Veja também:

Pesquisa estima aumento de 24% no uso de alumínio em veículos leves na América do Norte até 2030

A mais recente pesquisa da Ducker Frontier, North American Light Vehicle Aluminium Content and Outlook, publicada em agosto, confirma a tendência de crescimento contínuo da participação do alumínio no conteúdo dos veículos leves na indústria automobilística norte-americana. Segundo o estudo, a presença do metal no conteúdo médio por veículo produzido deve subir para 233 kg

Tesla deve investir em máquinas gigantes de fundição de alumínio

Para garantir o uso mais avançado do alumínio no segmento automotivo, a Tesla – fabricante norte-americana de veículos elétricos – planeja substituir centenas de robôs por máquinas imensas de fundição. O investimento deve ser feito na planta da empresa localizada na Alemanha e a intenção é fabricar peças únicas de chassis, conforme divulgado pela Reuters.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Menu