AdobeStock_245568472

Mitos e verdades: Embalagens de alumínio podem ser usadas em micro-ondas

Há mais de 30 anos equipamentos estão aptos a receber bandejas metálicas

Comuns nos preparativos das festas de fim de ano, as embalagens de alumínio tornaram-se ainda mais populares nos lares brasileiros por conta da alta demanda dos serviços de delivery para refeições, impulsionada pela pandemia do novo coronavírus.

Apesar de sua leveza e praticidade, parte dos consumidores ainda tem receio de colocá-las no forno de micro-ondas. Por isso, resolvemos abordar o tema na nossa série de reportagens “Mitos e verdades”.

Antes de tudo, é necessário reconhecer que há precedentes para a preocupação de alguns usuários: nos anos 1970, os aparelhos ainda não ofereciam plena segurança contra o reflexo das micro-ondas e podiam gerar faíscas e até causar incêndios.

No entanto, há mais de 30 anos os equipamentos disponíveis no mercado estão aptos para aquecer ou descongelar refeições nessas bandejas metálicas. Na década de 1980, uma pesquisa conduzida nos Estados Unidos comprovou a segurança dessa ação.

Um estudo mais recente realizado para a European Aluminium Foil Association (EAFA), com o apoio da Aluminium Foil Container Manufacturers Association (AFCMA), testou mais de 200 porções de alimentos aquecidas em recipientes de folha de alumínio e o resultado provou que não houve nenhum dano aos aparelhos ou usuários.

Segundo o mesmo levantamento, a conveniência do consumidor foi melhorada, visto que essas embalagens metálicas esquentam de maneira uniforme e favorecem a aparência do alimento quando usadas no micro-ondas. No caso da lasanha, por exemplo, o visual foi superior, pois uma crosta abrasada se formou na superfície.

No Brasil, a partir de um trabalho do Comitê de Mercado de Embalagens Descartáveis de Alumínio da Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) e da culinarista Sonia Wooten, foi demonstrado por meio de cursos voltados a donas de casa, proprietários de restaurantes e rotisseries que, respeitando alguns procedimentos básicos, é possível sim valer-se das vantagens dessas bandejas nos fornos de micro-ondas.

Instruções de uso
Cadu Migliorini, responsável pelo Marketing do Grupo Wyda — fabricante de embalagens de alumínio — explica que os consumidores precisam seguir as recomendações de uso do produto.

Veja abaixo quais são os cuidados necessários:

  • Leve apenas uma embalagem por vez ao micro-ondas;
  • Retire a tampa;
  • A bandeja deve estar preenchida totalmente com comida;
  • Use o tempo necessário de acordo com cada alimento;
  • Certifique-se de que a embalagem não encoste nas paredes do equipamento;
  • Retire-a com cuidado do forno e sirva o alimento.

Em junho, o Grupo Wyda iniciou uma campanha de conscientização no Youtube e nas redes sociais, com o chef de cozinha Edu Guedes, mostrando como é fácil e simples aquecer o alimento retirado do congelador ou vindo via delivery nesse tipo de bandeja no micro-ondas.

Benefícios
As embalagens de alumínio ajudam a proteger os alimentos, pois são impermeáveis à luz, gás, vapor de água, óleos, gorduras, oxigênio e micro-organismos. O metal mantém a comida fresca, segura e saborosa, e garante a qualidade por longo prazo de validade. Por esses motivos, são indicadas para preparo, armazenamento e transporte de alimentos até o consumidor final.

A preocupação com o descarte é mínima, pois o metal é 100% reciclável.

“Depois de muitos anos de vida útil, o alumínio pode ser reaproveitado, com recuperação de parte significativa do investimento e economia de energia, como já acontece no caso das latinhas. Além disso, o meio ambiente é beneficiado pela redução de resíduos e economia de matérias-primas propiciadas pela reciclagem”, reforça Migliorini.

LEIA TAMBÉM:
“Mito ou verdade?” Alumínio contido nos antitranspirantes não causa câncer de mama

Veja também:

Balança comercial: alumínio registra superávit no primeiro semestre de 2021

De acordo com a Associação Brasileira do Alumínio (ABAL), a balança comercial do setor no primeiro semestre de 2021 registrou superávit de US$ 623 milhões (valor FOB, sigla em inglês para designar o frete em que a responsabilidade pelo transporte da mercadoria é do cliente). O resultado positivo se deve, principalmente, às exportações de alumina

Novo IPad tem estrutura com alumínio 100% reciclado

Com foco no meio ambiente, os novos iPad e iPad mini têm estrutura com alumínio 100% reciclado e estão disponíveis nas cores prateado e cinza-espacial. Segundo a Apple, fabricante dos equipamentos, todos os modelos da linha contam com o metal. Atualmente, as operações corporativas globais da empresa são neutras em emissões de carbono. No entanto,

Alcoa completa 12 anos de investimentos em Juruti (PA)

Nesta quarta-feira, 15 de setembro, a Alcoa completa 12 anos desde a sua chegada no município de Juruti (PA), onde mantém uma mina de bauxita e movimenta o porto local. Além da preocupação com os negócios, a companhia mantém um olhar para o futuro da cidade, a partir de investimentos em diversas áreas, como a

Rolar para cima