hilde-merete-aasheim

Hydro apoia gestão plural e diversa na refinaria de alumina no Pará

Criada em 2019, a Rede de Mulheres da Alunorte fortalece esse posicionamento

Para identificar e propor soluções aos desafios diários do trabalho, as colaboradoras da Refinaria Alunorte, no Pará, criaram a Rede Mulheres da Alunorte em 2019. A ação tem o apoio de Hilde Aasheim, CEO da Hydro (foto acima), a mulher que inspira o grupo e uma das líderes da indústria no mundo.

“Do portão da fábrica para dentro o que prevalece é o cuidado, a colaboração e a coragem, sobretudo para fazer esse caminho de fortalecimento da diversidade na empresa, transformando o ambiente de trabalho mais agradável e receptivo para as mulheres. Ter profissionais do gênero feminino na indústria não pode mais ser um elemento surpresa”, destaca Raquel Rodrigues, gerente de Logística do Porto da Alunorte.

Inicialmente, a Rede realizou uma pesquisa junto às trabalhadoras sobre os desafios diários no desempenho de suas funções.

“A nossa rede não tem uma líder, mas um conjunto de realizadoras que representam todas as turmas e as áreas da refinaria. Das mais de 300 mulheres da companhia, 95% responderam à pesquisa interna. Os temas das perguntas variaram de infraestrutura para atender demandas femininas à percepção do relacionamento com os colegas do sexo masculino”, explica Raquel.

As informações coletadas foram usadas no planejamento de ações voltadas às mulheres em 2020. “Já conseguimos identificar soluções simples para o vestuário e transporte, criamos espaço para lactantes e recebemos orientações de saúde e higiene, oferecidas pelas áreas constituídas na empresa. E, o mais importante, é que qualquer empregada pode estar à frente desse processo, ou seja, somos capazes de resolver os problemas que nos interessam.”

Devido à pandemia da Covid-19, as ações voltadas ao público feminino da refinaria foram realizadas pelas áreas de Recursos Humanos e Saúde.

“Sabemos que os desafios nesse período foram maiores para as mulheres, mas tivemos todo o apoio das lideranças para o trabalho em home office e a flexibilização da jornada, de modo a compatibilizar o trabalho e a família”, acrescenta.

LEIA TAMBÉM:
Cadeia do alumínio apoia a diversidade de gênero
Conheça a história de mulheres líderes na cadeia do alumínio

Crédito da imagem de abertura: Halvor Molland/Hydro

Veja também:

Com apoio da MRN, Oriximiná (PA) celebra o Dia da Consciência Negra

No Dia da Consciência Negra (20/11), a Comunidade do Boa Vista Trombetas, em Oriximiná, no Oeste do Pará, celebra 25 anos de titulação das terras quilombolas. Cerca de 150 famílias participam de uma programação especial, seguindo os protocolos de segurança contra a Covid-19. “Fomos a primeira comunidade negra do Brasil a conquistar a titulação das

Condutividade térmica no alumínio: qual a importância desse benefício?

Pode ser que alguns consumidores utilizem o alumínio sem saber o motivo de o material ter sido escolhido para compor determinado produto. Por isso, visando a apresentar as diferentes características do metal e suas contribuições para as indústrias e sociedade, o portal Revista Alumínio inicia uma nova série de reportagens: Vantagens do Alumínio. Na primeira

Pindamonhangaba, a capital da reciclagem do alumínio no Brasil

Localizada no Vale do Paraíba, entre as duas mais populosas cidades brasileiras — São Paulo e Rio de Janeiro —, a paulista Pindamonhangaba recebeu o título de Capital Nacional da Reciclagem do Alumínio em 2003, concedido pela Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) — o Dia Nacional da Reciclagem do Alumínio foi celebrado recentemente, em 28

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Menu