businessmen handshake - business meeting and partnership concept copy space

Players do Brasil e exterior parabenizam ABAL pelos 52 anos de atuação

A entidade é fundamental para a integração e defesa da indústria brasileira do alumínio

Nos últimos 52 anos, a Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) tem exercido papel fundamental na representação de toda a cadeia produtiva — desde a mineração de bauxita até a reciclagem dos produtos —, com boa reputação no país e no exterior.

Durante a pandemia, mais intensa nos dois últimos anos, a entidade usou os meios digitais, como as videoconferências, para manter a indústria unida e preparada para a tomada de decisões, mesmo em períodos mais críticos.

Todo esse trabalho foi reconhecido por empresas e parceiros, que enviaram à nossa reportagem depoimentos pelo aniversário da entidade. 

LEIA TAMBÉMABAL celebra 52 anos com setor do alumínio em momento positivo

Confira os depoimentos:

“No último ano, a ABAL foi vital para a manutenção dos contatos e conhecimento do que aconteceu no mercado nacional e internacional. Ocorreram várias discussões muito proveitosas do ponto de vista mercadológico e da legislação, o que nos auxiliou a certa tomada de decisões. Com o mercado muito aquecido, esse fórum alinha os próximos passos do setor de alumínio brasileiro, trazendo conhecimento e troca de informações valiosas para a Alcast, e até mesmo alguns pleitos jurídicos junto ao governo brasileiro. Com a Covid-19, as reuniões foram realizadas por videoconferências, muito bem conduzidas pela ABAL, e com a participação assídua dos membros. Não houve quaisquer danos à interação do grupo por não fazer a reunião presencial, inclusive recomendamos manter por vídeo.”
Gil Vieira, diretor-comercial corporativo da Alcast

“A ABAL cumpriu a missão de manter a cadeia produtiva, desde a mineração até a reciclagem, coesa e unida para continuar defendendo a sua competitividade. Esforço bem-sucedido, apesar das dificuldades de 2020. No ano passado, houve crescimento da demanda e o anúncio da retomada da produção de alumínio primário no Brasil. A indústria continua muito forte e com condições de ser competitiva globalmente.”
Otavio Carvalheira, presidente da Alcoa Brasil

“A ABAL é absoluta na representação do setor do alumínio, um dos motores da economia do Brasil, atuando de forma estratégica frente aos diversos segmentos governamentais, incentivando a evolução tecnológica e promovendo a divulgação das vantagens da utilização do alumínio. Nos últimos anos, com o surgimento da Covid-19 e cenários ainda mais incertos, a entidade teve papel importante em apontar indicadores que permitiram a tomada de decisões emergenciais e de longo prazo.”
Marcondes Takeda, gerente de Produto do Grupo Prysmian no Brasil

“Especialmente nos últimos dois anos, período em que enfrentamos a pandemia, a atuação da ABAL foi fundamental, fornecendo orientação e informação relevante, garantindo que a voz do setor fosse ouvida. Uma associação representativa e ativa como essa é essencial para que o setor tenha a relevância adequada, garantindo a participação nas principais discussões e a visibilidade das suas contribuições para o país. A ABAL gera conteúdo e inteligência para seus associados, fornecendo dados de estudos e estatísticas, além de promover o aprendizado e o desenvolvimento de capacidades. A Hydro tem planos de continuar investindo no Brasil e a ABAL é uma parceira estratégica nesse sentido.”
Anderson Baranov, vice-presidente e head of External Affairs da Hydro

“A ABAL tem sido uma líder e colaboradora da indústria do alumínio por mais de cinco décadas. A indústria e a associação no Brasil são importantes participantes globais e têm liderado em questões-chave relacionadas à sustentabilidade e ao desenvolvimento do setor. O International Aluminium Institute (IAI) tem se beneficiado muito da disposição da ABAL de compartilhar experiências e conhecimentos com outras pessoas, incluindo os nossos membros.”
Mills Prosser, secretário-geral do International Aluminium Institute (IAI)

 “Destacamos o papel fundamental da ABAL no período da pandemia. A entidade teve o grande desafio de mostrar à sociedade a importância do setor, inclusive fazendo a interlocução junto aos governos federal, estadual e demais autoridades, para incluir a indústria brasileira do alumínio como uma atividade essencial para a população. Graças a essa iniciativa institucional de defender a relevância do segmento para o desenvolvimento do país e do alumínio na vida das pessoas, as empresas, incluindo a MRN, puderam dar continuidade às atividades operacionais, gerando empregos e arrecadação de impostos para a região, seguindo todos os protocolos de prevenção e combate à Covid-19. Além disso, a ABAL evidenciou todos os esforços feitos pelas empresas na realização de ações de promoção da saúde junto às comunidades locais.”
Guido Germani, CEO da Mineração Rio do Norte

“A ABAL é uma entidade reconhecida e respeitada em sua atuação junto aos stakeholders, trazendo contribuições efetivas nas áreas política, econômica, ambiental e de desenvolvimento do segmento como um todo. O setor do alumínio é considerado essencial para a economia e, apesar de todos os desafios recentes, continuou investindo, gerando empregos e renda e fornecendo produtos para abastecer mercados como o de Embalagens, Automotivo, Transporte, Construção Civil, entre outros. Com o apoio da ABAL, o setor está sempre atento à saúde, segurança dos profissionais envolvidos na cadeia e à integridade na relação com os públicos de interesse. A sustentabilidade é uma das pautas mais em alta no mundo todo, e o alumínio é uma grande referência em economia circular, pois é infinitamente reciclável. Nesse cenário, ter a ABAL prezando pelo desenvolvimento sustentável desse mercado e promovendo a competitividade da indústria e a integração da cadeia produtiva é fundamental.”
Eunice Lima, diretora de Comunicação e Relações Governamentais da Novelis

“A ABAL tem papel fundamental na representação da indústria brasileira do alumínio, além de integrar toda a cadeia produtiva. Ademais, colabora estrategicamente na promoção de treinamentos, integração entre escolas e indústrias, benchmarking com líderes de mercado e realização de estudos do Roadmap do alumínio, fundamentais para as decisões mais importantes do setor.”
Erivam Boff, diretor da Unidade de Extrusão da Prolind Alumínio

“A atuação da ABAL é extremamente relevante para o setor do alumínio no Brasil. Congrega as maiores empresas do mercado, faz a interlocução com o governo, entidades nacionais e internacionais, além de promover cada vez mais o uso do metal e nortear programas que inserem ou melhoram as condições produtivas, organizacionais e de sustentabilidade de seus associados. Também realiza e fomenta o estudo, a pesquisa e o treinamento dos profissionais do setor. Em particular, no último ano, em que a pandemia se fez presente de forma mais aguda, a ABAL avançou plenamente em seus objetivos utilizando meios até então não convencionais ou de utilização menos intensa de comunicação e interlocução com seus associados e organizações externas.”
Paulo Cezar Martins Pereira, superintendente de Vendas e Marketing da Termomecanica

“A ABAL desempenhou um papel fundamental durante esse período difícil da pandemia, assim como vem fazendo ao longo dos seus 52 anos. Por meio de suas ações, tem incentivado novas aplicações do alumínio que tornam a indústria nacional mais sustentável e eficiente. A parceria entre a ABAL e a ABM contribui de forma efetiva na difusão de conhecimento técnico-científico por meio da realização de cursos, eventos e webinars. Esperamos seguir firmes nessa parceria pelos próximos anos!”
Horacidio Leal Barbosa Filho, presidente-executivo da Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração (ABM)

“É um grande prazer poder comemorar os 52 anos da ABAL, essa entidade que tanto trabalha pelo setor que representa, além de ser uma grande parceira da Associação Nacional de Fabricantes de Esquadrias de Alumínio (Afeal). Tenho acompanhado a atuação da ABAL há anos e o que vejo é uma das entidades mais organizadas do mercado: profissionalismo, ideias inovadoras, representatividade junto ao poder público. É um grande exemplo de organização setorial. Que venham mais muitos e muitos anos de sucesso e colaboração positiva para o mercado. Viva a ABAL!” 
Alberto Cordeiro, presidente da Associação Nacional de Fabricantes de Esquadrias de Alumínio (Afeal)

Veja também:

Ações sustentáveis da indústria do alumínio são destaque no ‘Financial Times’

Por conta do aniversário de 50 anos do International Aluminium Institute (IAI), o jornal britânico Financial Times vem publicando uma série de conteúdos que descrevem a jornada da entidade e da indústria do alumínio. O artigo ‘Aluminium: shaping a better tomorrow’, assinado por Mills Prosser, secretário-geral do IAI, aponta as contribuições do metal para o

Dia da Indústria: a importância do setor produtivo do alumínio brasileiro

Em 25 de maio comemora-se o Dia da Indústria. De acordo com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), o setor produtivo brasileiro respondeu por 22,2% do Produto Interno Bruto (PIB) e por 71,8% das exportações brasileiras em 2021. Os dados mais recentes indicam que o setor industrial também representa 68,6% do investimento empresarial em pesquisa

Folhas de alumínio para baterias de íons de lítio serão produzidas no Brasil

A produção de folhas de alumínio no Brasil, destinada majoritariamente para o setor de embalagens, em breve ganhará uma nova e importante aplicação. Um projeto desenvolvido pela parceria entre Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) do Paraná irá avaliar a viabilidade da utilização da folha de alumínio nacional

Rolar para cima