AdobeStock_331579833

Indústria do alumínio quer elevar a contratação de talentos femininos

Companhias investem em programas com foco na diversidade de gênero

Para destacar o Dia Internacional das Mulheres na Engenharia, comemorado anualmente em 23 de junho, o Portal Revista Alumínio conversou com algumas das indústrias que integram a cadeia produtiva do alumínio para reforçar quais são as iniciativas voltadas à diversidade de gênero.

Apesar do histórico de presença majoritária de homens na engenharia brasileira, essa realidade vem mudando aos poucos. Segundo o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), o número de registros anual de profissionais mulheres no sistema da entidade cresceu 42% entre 2016 e 2018.

Conheça a história de mulheres engenheiras que atuam na indústria do alumínio. Abaixo, confira ações das empresas para a diversidade de gênero no setor.

Programas que incentivam a diversidade
Neste ano, a multinacional de origem norueguesa Hydro lançou no Brasil o Programa de Diversidade, Inclusão e Pertencimento (DIP), que reconhece as necessidades de grupos específicos e fomenta ações relacionadas ao gênero, pessoas com deficiência (PCD), raças e etnias, LGBTQIA+ e gerações.

A empresa quer aumentar a representatividade das mulheres na organização, inclusive nos cargos de liderança. A meta global anunciada no Dia Internacional da Mulher é de elevar de 19% para 25% a presença feminina em suas unidades até 2025. No Brasil, elas ocupam atualmente 24% dos cargos de engenharia.

“Nosso objetivo é estabelecer processos e recursos para favorecer e encorajar a diversidade e a inclusão em toda a empresa. O DIP promove mudanças que elevam nossa capacidade de atuar de forma criativa e inovadora, a partir do respeito às diferenças que nos tornam únicos e, por isso, valiosos em nossas maneiras de pensar, enxergar e interagir com o mundo. Essas diferenças nos ajudam a ter resultados ainda melhores e mais sustentáveis para as nossas operações”, afirma Alessandra Fonseca, diretora de Comunicação da Hydro na América do Sul.

O programa Igual, criado pela Novelis em 2018, valoriza as competências e habilidades de cada profissional independente do gênero, raça, idade, religião e orientação sexual. Ele foi desenvolvido a fim de engajar, recrutar, reter funcionários e multiplicar a conscientização sobre o tema, além de possuir metas específicas de contratação de mulheres.

Atualmente, as mulheres ocupam 10% dos cargos de engenharia dentro da empresa. No entanto, a meta é que 50% das novas contratações em posições juniores sejam preenchidas por profissionais deste gênero.

“Cultivar a diversidade e a inclusão é um compromisso que traz benefícios a todos, pois valorizamos as pessoas de forma igual e buscamos as mais diferentes e importantes culturas e pontos de vista, transformando isso tudo em valiosos aprendizados para o negócio e para a nossa vida”, comenta Glaucia Teixeira, vice-presidente de Recursos Humanos da companhia na América do Sul.

Segundo a executiva, a conscientização das lideranças da empresa sobre diversidade também é um critério importante. O atingimento desses objetivos será realizado por meio de treinamentos especializados, cursos de capacitação, mentorias, campanhas de conscientização e incentivo da responsabilidade social nessas frentes, entre outras iniciativas.  

Em 2018, a Novelis também assinou os 7 Princípios do Empoderamento Feminino com a ONU Mulheres, que reforça o comprometimento em promover um ambiente inclusivo.

Mulheres contribuindo com a sustentabilidade
Na Mineração Rio do Norte (MRN), produtora de bauxita que opera no distrito de Porto Trombetas (PA), os talentos femininos ocupam cargos de engenharia que contribuem para o desenvolvimento inovador e sustentável da companhia.

O programa ‘Minerando Juntas’ ajudou a aumentar o número de mulheres em 18% em 2020, na comparação com o ano anterior. Atualmente, elas representam 15,2% na área de engenharia da MRN. E, para ampliar as ações relacionadas ao tema, a empresa realizou no final de 2020 o reposicionamento da marca do Programa de Diversidade & Inclusão.

Na prática, a empresa fez a transição do ‘Minerando Juntas’, que estava focado na diversidade de gênero, para o ‘MRN pra Todos’, considerando gênero, origem étnica, convicções religiosas, orientação sexual, habilidade ou formações diferenciadas.

Sem distinção
No Grupo Alubar, que atua na produção de cabos elétricos de alumínio para linhas de transmissão e distribuição de energia, não há diferenciação entre gêneros nos processos seletivos. As vagas são disponibilizadas a todos e os que estiverem dentro do perfil são selecionados, levando em consideração as experiências, habilidades e competências.

Segundo Adylane Oliveira, coordenadora de Recursos Humanos da Alubar, a fábrica localizada em Barcarena (PA) tem 25% de mulheres na equipe de engenharia. Na Alubar Global Management, em São Paulo, elas ocupam 27% das vagas.

“Não temos equipes de engenharia nas demais unidades. A perspectiva de aumento desta porcentagem será de acordo com a necessidade de negócios da empresa”, explica.

Veja também:

Hydro tem lucro de US$ 270 milhões no 2° trimestre de 2021

A multinacional de origem norueguesa Hydro divulgou, neste mês de julho, os resultados financeiros das suas operações no segundo trimestre de 2021. A companhia teve lucro líquido de 2,38 bilhões de coroas norueguesas (US$ 270,45 milhões) no período, revertendo o prejuízo de 1,48 bilhão em 2020. A receita registrou alta de 36% em relação ao

Novelis conta com programa de mentoria reversa no Brasil

A Novelis lançou há dois anos um programa de mentoria reversa. Na prática, os jovens líderes da empresa promovem sessões de conversa – que duram cerca de seis meses – com diretores e vice-presidentes. O objetivo é promover uma troca de experiências e até gerar ações concretas.  “É a forma de a gente entender o

Alcoa oferta vagas para projeto Filtro Prensa em Poços de Caldas (MG)

A Alcoa e as empresas contratadas responsáveis pelo Projeto Filtro Prensa da fábrica em Poços de Caldas (MG) abriram 39 vagas de emprego para colaboradores diretos e indiretos, com foco nas obras de implantação e operação da nova tecnologia. Para colaboradores diretos (Alcoa) 12 vagas para a área operacional; 2 vagas para mecânico; 2 vagas

Rolar para cima