Assembly line production of new car. Automated welding of car body on production line. robotic arm on car production line is working

Estudo da Consultoria CRU revela oportunidades para o alumínio no pós-Covid

Levantamento foi encomendado pelo International Aluminium Institute (IAI)

O International Aluminium Institute (IAI) contratou a renomada consultoria CRU para realizar um estudo sobre as oportunidades e tendências do alumínio em diferentes setores e regiões do mundo na economia pós-Covid.

Segundo a pesquisa, a demanda por alumínio primário deve crescer 40% até o final de 2030, o que vai impulsionar a indústria global a produzir mais 33,3 milhões de toneladas por ano. Cerca de 37% desse acréscimo virá da China, seguido por 26% do restante da Ásia, 15% da América do Norte e 14% da Europa.

Os quatro principais consumidores do metal responderão por 75% do total do aumento.

  • No setor de Transportes, a maior parte do consumo deve surgir da mudança para veículos elétricos mais intensivos em alumínio. A China, principalmente, liderará essa transformação.
  • Na área de Embalagens, a indústria de latas de alumínio para bebidas será a principal impulsionadora, já que deve crescer 60% até o final desta década. Além disso, a preferência por embalagens recicláveis viabiliza o uso do metal.
  • Na Construção Civil, a inclusão do alumínio como material verde, bem como a incorporação de soluções sustentáveis ​​para tecnologias de proteção solar e energia solar, ainda representa uma oportunidade de crescimento.
  • Por fim, no setor elétrico, a transição de fontes tradicionais para energia renovável é uma das principais tendências para a indústria do alumínio nos próximos anos. A expansão da rede de transmissão e distribuição também deve aumentar a demanda por cabos condutores.

Clique aqui para ler o sumário executivo e o estudo na íntegra

Veja também:

Ações sustentáveis da indústria do alumínio são destaque no ‘Financial Times’

Por conta do aniversário de 50 anos do International Aluminium Institute (IAI), o jornal britânico Financial Times vem publicando uma série de conteúdos que descrevem a jornada da entidade e da indústria do alumínio. O artigo ‘Aluminium: shaping a better tomorrow’, assinado por Mills Prosser, secretário-geral do IAI, aponta as contribuições do metal para o

Dia da Indústria: a importância do setor produtivo do alumínio brasileiro

Em 25 de maio comemora-se o Dia da Indústria. De acordo com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), o setor produtivo brasileiro respondeu por 22,2% do Produto Interno Bruto (PIB) e por 71,8% das exportações brasileiras em 2021. Os dados mais recentes indicam que o setor industrial também representa 68,6% do investimento empresarial em pesquisa

Folhas de alumínio para baterias de íons de lítio serão produzidas no Brasil

A produção de folhas de alumínio no Brasil, destinada majoritariamente para o setor de embalagens, em breve ganhará uma nova e importante aplicação. Um projeto desenvolvido pela parceria entre Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) do Paraná irá avaliar a viabilidade da utilização da folha de alumínio nacional

Rolar para cima