Relatório-Anual-2019-FOTOGRAFIAS-363-1

Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) inicia processo de abertura de capital

Empresa inclui pedido para realização de oferta pública de valores mobiliários

Na última terça-feira, 17 de maio, a Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), um dos braços do Grupo Votorantim, solicitou o registro de abertura de capital na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), preparando-se para uma eventual oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês).

Segundo o protocolo, o pedido da CBA, de companhia de categoria A, vem acompanhado de outro para realizar uma oferta pública de valores mobiliários, o que a habilita, entre outras coisas, a vender ações no mercado.

A CBA foi fundada em 1941 e tem sede em Alumínio (SP). Atualmente, a empresa opera de maneira integrada no setor do alumínio, desde a mineração de bauxita até a produção de produtos transformados. Além disso, possui usinas hidrelétricas e vende no mercado a energia excedente não usada por suas fábricas.

O Relatório Anual 2020 da companhia revela um crescimento de 3% da receita líquida em comparação a 2019, somando R$ 5,4 bilhões. O volume de vendas foi de 408 mil t, 16% maior do que no ano anterior.

Com informações da Reuters

 

Veja também:

Consumo de alumínio tem alta de 25,2% no 1º semestre de 2021

A pesquisa de mercado consolidada pela Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) no primeiro semestre de 2021 revela que o consumo doméstico de produtos transformados cresceu 25,2% em relação ao mesmo período do ano passado. O volume total foi de 805 mil t, sendo 88% de origem nacional e o restante de importações. “O bom desempenho

Estudos conduzidos pela CBA e UFV são destaque internacional

A parceria entre a Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) e a Universidade Federal de Viçosa (UFV) continua rendendo bons resultados e reconhecimentos na área ambiental. Diversas pesquisas sobre restauração florestal, conservação hídrica e reabilitação ambiental foram temas de publicações científicas do mundo inteiro. “Nossa busca pela eficiência e o investimento contínuo em inovação tecnológica estão

Balança comercial: alumínio registra superávit no primeiro semestre de 2021

De acordo com a Associação Brasileira do Alumínio (ABAL), a balança comercial do setor no primeiro semestre de 2021 registrou superávit de US$ 623 milhões (valor FOB, sigla em inglês para designar o frete em que a responsabilidade pelo transporte da mercadoria é do cliente). O resultado positivo se deve, principalmente, às exportações de alumina

Rolar para cima