Navire porte-conteneurs en cours de chargement et déchargement au port

A pedido da ABAL, Brasil investiga China por dumping na exportação de laminados de alumínio

Se a prática for confirmada, produtos podem ser sobretaxados em mais de 50%

Após denúncia realizada pela Associação Brasileira do Alumínio (ABAL), a Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia (Secex) abriu investigação sobre a venda de produtos laminados de alumínio chineses por um preço menor do que o cobrado no mercado interno daquele país, o que afeta a indústria brasileira. Se a prática, chamada de dumping, for confirmada, os produtos poderão ser sobretaxados em mais de 50%.

A Secex pode levar de 10 a 18 meses para concluir o processo. Há a possibilidade de adotar uma medida preventiva antes do término da investigação, caso o governo considere necessário.

“Nos últimos dois anos, a situação ficou dramática porque aumentou muito a importação de produtos laminados chineses e a participação do País nas importações. A indústria brasileira concorre em situação igual de competitividade com empresas de vários países. O que não podemos admitir são empresas brasileiras concorrendo com um País”, afirmou Milton Rego, presidente-executivo da ABAL.

Veja também:

Grupo Prysmian lança aplicativo profissional sobre cabos elétricos

O Grupo Prysmian – voltado à tecnologia e desenvolvimento de cabos de alumínio e sistemas para energia e telecomunicações – criou o Cable App, ferramenta profissional que ajuda a selecionar o melhor tipo de solução de cabeamento, conforme o projeto e a instalação, e pode ser útil para estudantes, professores e profissionais do setor, entre

Conselho Temático de Mineração da CNI discute avanços para o setor

A reunião virtual do Conselho Temático de Mineração (Comin) da Confederação Nacional da Indústria (CNI), realizada na última terça-feira (22/9), contou com a presença dos deputados federais Joaquim Passarinho e Ricardo Izar, além de representantes do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) e da Agência Nacional de Mineração (ANM). Vale ressaltar que Associação Brasileira do

Albras conquista novamente certificação ouro no GHG Protocol

A Albras — produtora de alumínio primário pertencente à Hydro e à Nippon Amazon Aluminium Co — recebeu mais uma vez a certificação Ouro do Programa Brasileiro do GHG Protocol, que tem o objetivo de difundir uma cultura de inventários corporativos de GEE no país. Para isso, ajuda organizações públicas e privadas na mensuração, relato e verificação de

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Menu