SS100_Black_003_BD (1) (1)

Versão da icônica motocicleta SS100 traz liga de alumínio na estrutura

Fabricante optou pelo uso do metal para reduzir o peso total da moto para 186 kg
Redação Revista Alumínio

A montadora inglesa Brough Superior marcou a produção de motocicletas de 1919 a 1940, quando foi fechada durante a Segunda Guerra Mundial. Com produção exclusiva e considerada de alta qualidade, chegou a ser conhecida como a ‘Rolls-Royce das motocicletas’. Em 2013, a marca foi comprada e, desde então, já lançou dois protótipos do modelo SS100 desenhado em 1924, cuja característica marcante era a alta velocidade — alcançava cerca de 160 km/h.

A primeira versão, assinada pela Boxer Design e Akira Technologies, trouxe o aspecto retrô com soluções inovadoras, além da aplicação de materiais nobres. A liga de alumínio está presente na balança e, em conjunto com o magnésio, reduziu o peso total da moto para 186 kg. Além disso, o metal foi utilizado nos quatro discos dianteiros.

Já o segundo modelo da SS100 foi lançado no final de 2019. Desenvolvida em parceria com a Aston Martin, a motocicleta AMB 001 terá a produção limitada a 100 unidades, com possível lançamento ainda em 2020.

Veja também:

Alumínio a bordo: as vantagens do uso do metal em embarcações

O início do ano foi marcado pelo lançamento do maior iate à vela de alumínio em construção do mundo, o Sea Eagle II. A embarcação foi encomendada ao estaleiro holandês Royal Huisman por Samuel Yen-Liang Yi, empresário bilionário de Taiwan. Ao solicitar o projeto, o cliente fez um único pedido: “Construa o meu sonho”. O

Setor do alumínio será essencial para o transporte no pós-pandemia

Até o início da pandemia, 8,3 milhões de passageiros eram transportados nas linhas disponíveis do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) na Grande São Paulo. Já os ônibus levavam cerca de 8,8 milhões de pessoas todos os dias. Aglomerações, como se sabe, são perfeitas para a proliferação de vírus respiratórios. E nesse

A importância de projetos cooperativos para a cultura da inovação

A Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) realizou um webinar na última terça-feira, 30 de junho, para mostrar como a união entre empresas pode fortalecer a inovação no pós-Covid-19. Desde a fundação, em 2013, a organização social já superou a marca de 100 projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação cooperativos, modalidade na qual

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Menu