Use a comunicação como ferramenta para escapar da crise

A comunicação é um item indispensável ao sucesso de qualquer relação, afinal, como diz o ditado, “quem não comunica, se trumbica!”. No contexto das organizações, a comunicação apoia a gestão estratégica, oferece suporte para todas as demais áreas da empresa (Vendas, RH, P&D, SAC, entre outras), sustenta a imagem externa e interna, gerencia possíveis crises e cria elo entre a liderança e os colaboradores através das ferramentas de comunicação interna.

Independentemente se a sua empresa tem a cultura da comunicação ou não, é importante que saiba que não adianta comunicar-se sem transparência. Uma comunicação eficaz é simples, clara, assertiva, sincera e desenvolve papel fundamental na comunicação com clientes, parceiros, colaboradores e colegas de trabalho. Ou seja, comunicar-se com clareza gera credibilidade, aproxima as pessoas, demonstra o seu potencial, gera melhores resultados para a sua área e a companhia no geral.

Infelizmente é notório o desaquecimento na indústria do alumínio nos últimos anos devido, principalmente, a alta dos custos de produção, a chegada dos produtos chineses e a queda no consumo. Esses percalços têm gerado o fechamento de empresas, o desligamento de fornos e a demissão de muitas pessoas. Mas, por outro lado, há espaço para o alumínio nas indústrias automotiva, transporte de cargas, arquitetura, elétrica, energia e embalagens. O desafio é manter os investimentos e a equipe unida e descobrir como atravessar essa turbulência.

Tente fazer uma pausa após a leitura desse artigo e pense nas seguintes questões: você já parou para pensar como está a sua comunicação com a empresa? Você está alinhado à missão, visão, valores e, principalmente, ao negócio? Sabe exatamente como o seu trabalho diário influencia o desempenho dos outros profissionais? Consegue comunicar-se com os colegas à sua volta e motivá-los para que juntos vocês possam alcançar as metas do setor? Escuta com atenção e se esforça para compreender o cenário ao seu redor?

Você sabia que, principalmente em um contexto de crise, a comunicação é uma das portas capazes de abrir algumas oportunidades? Afinal, ela é o processo pelo qual expressamos nossos pensamentos, transmitimos informações importantes, questionamos e demonstramos o que sentimos. Além disso, sem um plano de comunicação, a empresa não sabe com quem está falando, nem quando, como e qual mensagem vai transmitir.

Com a crise e a redução no quadro de colaboradores é natural que a demanda de trabalho aumente. Mas, lembre-se de trabalhar em equipe, afinal, uma corrente com elos fortes, não se rompe fácil. E cuide desses elos evitando, por exemplo, a fofoca, pois ela não é uma forma de comunicação e não merece repercussão. Além disso, quem faz fofoca, está impactando negativamente na sua própria imagem.

Considere que comunicar-se é um exercício diário e que os frutos desse esforço só veem para aqueles que conseguem formar e sustentar uma imagem positiva e sincera perante todos que estão a sua volta.

Agora, se você exerce papel de liderança na empresa, pense que o plano de comunicação deve começar respondendo algumas questões estratégicas para entender a essência do negócio, como: qual é o posicionamento da sua empresa? Como a sua empresa está posicionada perante às marcas concorrentes? O que os stakeholders (colaboradores, parceiros, fornecedores e clientes) falam sobre a empresa? Onde a empresa quer chegar? Quais caminhos percorrer para atingir as metas? Como mensurar os resultados? Como seus funcionários enxergam a empresa? Quais expectativas seus colaboradores tem para os próximos anos? Como e quando preferem se comunicar?

Responder todas essas perguntas, levantar todos os dados e analisar criteriosamente exigirá tempo e energia, mas os resultados dessas pesquisas serão surpreendentes e extremamente úteis nas próximas decisões da companhia. A realização de pesquisas de clima organizacional com os colaboradores e pesquisas com principais stakeholders são excelentes oportunidades de conhecer melhor o público alvo, avaliar a imagem da empresa e alinhar estratégias de negócios.

Sabe o que a comunicação, a indústria do alumínio e você tem em comum? Todos tem muito espaço para conquistar ainda! E, sem sombra de dúvidas, se você fizer os exercícios acima entenderá e perceberá como a estratégia de comunicação ajuda a construir o planejamento estratégico da empresa, além de criar um ambiente mais leve e agradável entre os funcionários.

 

Por Mayra Reis, da Alma Gestão de Comunicação e Marketing, e Barbara Campos, da Cherry Consulting.

Veja também:

Opinião: Reciclar e refletir

A pandemia tem motivado, entre outras mudanças, um novo olhar sobre o nosso papel de consumidor. Muitos cidadãos adquiriram uma percepção mais consciente a respeito dos resíduos domésticos, principalmente os recicláveis. Sabe aquelas embalagens que a gente vai acumulando na área de serviço porque não temos como levar ao local adequado neste momento? Aquela pilha

Opinião: O Brasil não pode ser um eterno exportador de commodites

Ai, esta terra ainda vai cumprir seu idealAinda vai tornar-se um imenso Portugal Adoro Portugal. Mesmo assim, espero que a profecia imaginada no refrão de Fado Tropical, que usei no título, genial composição de Chico Buarque, não se concretize. Explico. Os brasileiros hoje têm todos os motivos para invejar os patrícios. Nas últimas décadas, Portugal floresceu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Menu