Tekno Kroma

Tekno Kroma recebe Troféu Transparência 2021

Premiação da Anefac e Fipecafi é referência na área de Contabilidade no país

A Tekno Kroma, empresa que atua no mercado de revestimento de metais por meio do sistema de pintura coil coating, conquistou, pela 1ª vez, o Troféu Transparência 2021, concedido anualmente pela Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac) em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (Fipecafi).

“É o reconhecimento pelo excelente trabalho desenvolvido pela equipe responsável pela elaboração das demonstrações financeiras e um enorme incentivo, pois é gratificante a empresa desempenhar um trabalho com seriedade e vê-lo sendo chancelado por uma instituição como a Anefac”, comemora José Maria Maia Netto, diretor-jurídico e de Relações com Investidores da Tekno Kroma.

O prêmio foi criado em 1997 com o objetivo de reconhecer e homenagear as companhias que possuem as melhores práticas de transparência em informações contábeis, publicadas ao mercado por meio de suas demonstrações financeiras. A seleção é dividida em duas categorias de empresa, de acordo a receita líquida: até R$ 8 bilhões e acima de R$ 8 bilhões. 

Em sua 25ª edição, o evento buscou reforçar a importância da evolução da transparência nas empresas brasileiras em consonância com as tendências mundiais em prol de fatores ESG (Environmental, Social and Governance), com maior foco na ética e sustentabilidade dos negócios.

Veja também:

CBA investe em tecnologia para ser ainda mais eficiente

Em entrevista ao Liderança Digital, série promovida pelo Valor Econômico, Ricardo Carvalho, presidente da Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), falou sobre a importância das novas tecnologias para maior competitividade da indústria do metal.   Segundo o dirigente, a empresa lançou a jornada CBA 4.0 em 2018, que envolve pessoas, processos, tecnologia e cibersegurança, e trabalha

Alumínio contribui com a sustentabilidade de eventos

Na pré-pandemia, a indústria de eventos movimentava R$ 854 bilhões por ano no Brasil e representava 13% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional, de acordo com dados divulgados pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Ministério do Turismo. Apesar do forte impacto e das incertezas causadas pela crise sanitária, a preocupação

Daniel Marrocos Camposilvan assume diretoria de Energia da CBA

O Conselho de Administração da Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) aprovou a indicação de Daniel Marrocos Camposilvan para o cargo de diretor do Negócio Energia. O profissional assume o posto a partir de 1° de fevereiro de 2022. A empresa tinha comunicado, em outubro de 2021, a decisão de gerir internamente a operação de suas

Rolar para cima