AdobeStock_249006973

Rio Tinto começa a comercializar liga Revolution-Al

Solução oferece até 20% mais resistência e reduz o peso do veículo em 7%

A Revolution-Al, nova liga da família 3XX desenvolvida pela Rio Tinto especialmente para a produção de rodas, já está sendo comercializada. Segundo a empresa, o produto oferece uma série de vantagens em relação à liga A356.2, atualmente predominante nesse segmento. Destaque para a resistência de 15 a 20% maior, o que proporciona redução de 7% no peso total do veículo e maior eficiência energética.

Desta forma, com rodas mais leves e resistentes, a Rio Tinto destaca que o consumo de pneus também é reduzido e há o aumento nos níveis de segurança, desempenho e dirigibilidade do veículo.

Outros benefícios da Revolution-Al, de acordo com a Rio Tinto, são o processo de reciclagem mais simples, a possibilidade de fazer a produção com o ferramental já existente atualmente – dispensando investimentos adicionais para a transição para a nova liga –, e uma redução nas horas no tratamento térmico, diminuindo custos de produção e aumentando a produtividade.

Em termos criativos, a empresa destaca que a maior resistência da nova liga também permite a criação de novos tipos de design, bem como o uso em outras aplicações, como peças de suspensão e freios.

Crédito da imagem de abertura: adobe.stock.com

Veja também:

Alcoa Wheels lança roda de alumínio 3 kg mais leve

A Alcoa Wheels – divisão de rodas de alumínio forjadas da Howmet Aerospace – lançou o modelo Ultra One, considerada a mais leve do mercado de veículos comerciais. Com 8,25 x 22,50″ de dimensão, pesa 47% menos do que a roda similar de aço. Além disso, é 3 kg mais leve em comparação à geração

ABAL e Abralatas criam entidade gestora prevista em compromisso de logística reversa

A Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) e a Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alumínio (Abralatas) constituíram, no dia 20 de julho, a entidade gestora que será responsável pelo atendimento das ações presentes no Termo de Compromisso da Logística Reversas das Latas de Alumínio para Bebidas, criado em cumprimento à Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). O documento,

Setor mineral tem alta de 98% em faturamento no primeiro semestre

A indústria mineral brasileira registrou faturamento de R$ 149 bilhões no primeiro semestre deste ano, 98% maior em comparação ao mesmo período do ano passado. Os dados foram divulgados na última quarta-feira, 21 de julho, pelo Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram).  Na mesma base de comparação, o minério de ferro apresentou o maior crescimento (135%), alcançando R$

Rolar para cima