Fios e cabos: consumo de produtos nacionais subiu 17,5%. Para 2019, a previsão é de alta de 18,9%

Prysmian inicia entrega de cabos para usina solar da Enel

Parque solar São Gonçalo, no Piauí, considerado o maior da América do Sul, terá cabos de alumínio de média e baixa tensão

O Grupo Prysmian, detentor de empresas como a General Cable, iniciou em outubro a entrega de cabos para o parque solar São Gonçalo, no Piauí, considerado o maior da América do Sul. A obra é construída com investimentos da empresa Enel Green Power, e o início de sua operação é previsto para 2020. No total, a Prysmian vai fornecer 1.600 km de cabos de energia.

O projeto do parque solar foi dividido em três fases. Na primeira, iniciada este mês, a Prysmian forneceu 910 km de cabos de alumínio de média (190 km) e baixa (720 km) tensão para construção de 475 MW de capacidade. A empresa entregará mais de 90 km de cabos de alumínio isolado para as obras da segunda fase, de dezembro de 2019 a janeiro de 2020; a terceira e última fase está sob responsabilidade de outra empresa de EPC e as negociações para o fornecimento estão em curso.

A expectativa é que o parque solar São Gonçalo gere 1.500 GWh por ano quando estiver em plena operação, evitando a emissão de 860 mil toneladas de CO2 anualmente na atmosfera.

Crédito da imagem de abertura: iStock

Veja também:

Vantagens do alumínio: metal oferece excelente condutividade elétrica

O alumínio tem uma série de características que o tornam ideal para o setor de cabos. Em seu estado puro tem condutividade elétrica de 62%, segundo o International Annealed Copper Standard (IACS). O índice não é o mesmo que o do cobre (100%, de acordo com o IACS), porém, ao se somar a condutividade à

Hydro firma acordo para uso de gás natural na Alunorte em 2022

A multinacional norueguesa Hydro assinou, no dia 15 de abril, memorando de entendimento com a New Fortress Energy (NFE), empresa global de infraestrutura de energia criada para acelerar a transição para energia limpa. O objetivo é substituir a maior parte do consumo atual de óleo combustível na refinaria de alumina Alunorte, em Barcarena, no Estado

Hydro REIN é a nova subsidiária da multinacional noruguesa

Como parte da estratégia para se fortalecer na área de alumínio de baixo carbono, a Hydro criou, no ano passado, uma unidade de negócios chamada Crescimento Renovável. Após amadurecer a iniciativa, a companhia acaba de anunciar uma nova empresa, a Hydro REIN – o termo significa “puro”, em norueguês. O objetivo é ajudar a própria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima