schülergruppe

Projeto inspira jovens profissionais a ingressar no mercado do alumínio

Iniciativa da ABAL, apoiada por oito empresas, inclui cinco webinars com especialistas da cadeia do alumínio

No cenário atual de incertezas — também em decorrência da pandemia do novo coronavírus —, disseminar conhecimento, compartilhar experiências e dicas são primordiais para os estudantes de graduação e recém-formados se prepararem para o mercado de trabalho.

Atenta a essa demanda e na busca constante pela aproximação com o meio acadêmico, a Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) anuncia o lançamento do Projeto Foco&Futuro – Experiências que Transformam. A ação prevê cinco webinars com profissionais do mercado do alumínio sobre os desafios e oportunidades do início da carreira.

Com uma extensa cadeia produtiva — que envolve desde a mineração de bauxita, produção de alumínio primário, de transformados e produtos acabados, até a reciclagem do metal —, o setor oferece muitas oportunidades de carreira, além de se relacionar com segmentos variados.

“É importante os jovens enxergarem o alumínio como uma solução importante para outros mercados. O metal está presente na construção civil, transporte, embalagem, energia e bens de consumo”, ressalta Kaísa Couto, diretora da Área Técnica da ABAL.

Apesar de as indústrias de alumínio serem bem estruturadas com know-how, equipes especializadas, tecnologia de ponta e concorrerem globalmente, elas ainda enfrentam a carência de mão de obra recém-formada com conhecimentos básicos sobre o metal no Brasil.

“Mesmo nos cursos de engenharia de materiais, ainda são poucas as abordagens e os conteúdos específicos sobre os não ferrosos, metais em que o alumínio está incluído e talvez o de maior destaque. Entendemos a tendência de formar pessoas com base em competências e habilidades, mas o conteúdo da indústria do alumínio é muito rico e ainda pouco explorado”, justifica a diretora da ABAL.

Nesse contexto, ter um conhecimento aprofundado sobre o alumínio pode ser um diferencial na carreira dos jovens profissionais, independentemente de atuarem ou não na cadeia produtiva.

“Queremos acolher, inspirar e compartilhar experiências com os estudantes e recém-formados”, afirma Kaísa.

Metal do futuro

Antes da pandemia da Covid-19, o alumínio já era considerado uma referência em relação às práticas de inovação e sustentabilidade, qualidades que devem ser fundamentais para a retomada das atividades no País.

O comprometimento com essas questões é reforçado pelas grandes indústrias que já possuem ou estão em processo de certificação da Aluminium Stewardship Initiative (ASI), entidade internacional que atesta os elevados padrões mundiais aplicados na gestão, processos e produtos. Soma-se a isso, o fato de o Brasil ser líder em reciclagem de latas de alumínio para bebidas, com 96,9% de reaproveitamento das embalagens.  

“Temos experiências ricas para compartilhar e que são transversais a qualquer ramo de atuação. Inicialmente, o Foco&Futuro foi formatado de olho nos jovens dos cursos de engenharia, mas percebemos que conhecer a experiência dos profissionais do mercado e entender as oportunidades do setor do alumínio podem favorecer outras áreas”, destaca a diretora da ABAL.

Como vai funcionar o projeto?

Ao todo, serão realizados cinco webinars com profissionais das seguintes empresas: Alcoa, Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), Hydro, Ibrap, Mineração Rio do Norte (MRN), Nespresso, Novelis e Prolind.  

Cada encontro virtual terá duração de 1h20 e será dividido em três blocos: apresentações da ABAL e das empresas associadas, debates com perguntas pré-formuladas e esclarecimento de dúvidas dos participantes.

Além disso, contará com quatro profissionais das empresas apoiadoras: um trainee ou recém-formado; um representante de recursos humanos; um da área de operação/produção; e um colaborador de uma área convidada como vendas, marketing, PD&I, logística e sustentabilidade, entre outras.

Confira o calendário:

  • 22/09: profissionais da Alcoa e MRN;
  • 29/09: profissionais da CBA e Hydro;
  • 06/10: profissionais da Ibrap e Prolind;
  • 13/10: profissionais da Nespresso e Novelis;
  • 20/10: CEOs | Executivos de todas as empresas.

A diretora da ABAL chama atenção para o último webinar com os CEOs/executivos das empresas apoiadoras.

“A ABAL tem um grupo de empresas colaborativas e engajadas nas nossas iniciativas. Elas estão valorizando esses jovens, trazendo altos executivos e líderes do segmento dispostos a contar a experiência profissional e como o alumínio contribuiu para o sucesso da carreira deles”, afirma.

Qualquer estudante de graduação ou recém-formado poderá acompanhar o evento de forma gratuita. Para se inscrever, basta acessar aqui e preencher o formulário.

Confira os depoimentos das empresas participantes:

“O compartilhamento de experiências é fundamental para orientar os jovens no desenvolvimento de competências para lidar com as tecnologias emergentes e tendências de mercado que já vêm impactando a indústria do alumínio no médio e longo prazo, como as questões da indústria 4.0, novas formas de trabalho, o olhar para as estratégias ESG (voltadas para Meio Ambiente, Social e Governança) etc. A pandemia evidenciou o valor da adoção das tecnologias digitais. Neste contexto, a capacidade de os profissionais se adaptarem rapidamente é e será, cada vez mais, um diferencial. Entendemos que evolução digital tem no centro as pessoas. Ela não é por si disruptiva, e sim as pessoas são. Pessoas com mentalidade em inovação farão a evolução em tecnologias e processos.”
Lucia Helena Garcia, gerente de Desenvolvimento Humano e Organizacional da CBA.

 

“A indústria do alumínio tem um importante papel no atendimento à crescente demanda da sociedade por produtos recicláveis, de longa duração e que gerem menor impacto ao meio ambiente. O nosso compromisso de oferecer sempre soluções cada vez mais sustentáveis e que facilitem a vida das pessoas, aliado a outros fatores, nos permite proporcionar um ambiente favorável à inovação e ao desenvolvimento do potencial desses jovens.”
Alessandra Fonseca, diretora de Comunicação da Hydro na América do Sul

 

“Projetos como o Foco&Futuro, que traz a credibilidade da ABAL, contribuem para mantermos essa interface, repassando informações e conselhos sobre a jornada no mercado de trabalho da cadeia do alumínio. Precisamos mostrar para esses públicos os horizontes profissionais desse importante segmento econômico para o País.”
Karen Gatti, gerente de Comunicação da MRN

 

“Como pioneiros no segmento de cafés porcionados e sendo uma empresa que tem o alumínio como principal matéria-prima, acreditamos ser fundamental levar informações que podem ajudar jovens profissionais e estudantes a se preparar para o mercado de trabalho, seja por meio de experiências práticas ou teóricas. Para nós, é um prazer compartilhar informações que possam enriquecer e despertar o interesse de jovens em nossa jornada.”
Claudia Leite, head de Criação de Valor Compartilhado, Comunicação Corporativa e Coffee Affairs da Nespresso no Brasil

 

“Os profissionais são nosso principal capital. A Novelis está implementando um novo projeto de expansão e acreditamos que os jovens profissionais serão aqueles que construirão o futuro do negócio. Trazê-los para a Novelis é importante para desenvolvermos a nova geração de futuros engenheiros especializados ou líderes de nossa organização e criarmos um futuro ainda mais brilhante e sustentável.”
Patrícia Bollini, gerente de Gestão de Talentos da Novelis do Brasil

Veja também:

Centro Cultural do Alumínio reabre para visitação do público

O Centro Cultural do Alumínio (CCAL), em São Paulo, reabriu segunda-feira (19/10) suas instalações para acesso do público. Por conta da pandemia do novo coronavírus, é necessário agendar a visita por e-mail, pois há limite máximo de pessoas no espaço. Além disso, será necessário observar os protocolos obrigatórios no local, como medição da temperatura, uso

Cadeia do alumínio apoia a diversidade de gênero

Promover a diversidade de gênero talvez seja um dos principais desafios da indústria, que sempre contou com maior presença masculina nas suas operações. No entanto, nos últimos anos, as profundas mudanças da sociedade têm impulsionado esse movimento, que favorece tanto o engajamento entre os colaboradores como o desempenho geral das organizações. Ao comparar o gênero

Programa Igual, da Novelis, tem metas para a contratação de mulheres

A Novelis, companhia voltada à laminação e reciclagem do alumínio, possui o programa Igual, cujo objetivo é atrair talentos, possibilitar oportunidades de desenvolvimento para todos os profissionais e impactar positivamente os grupos historicamente excluídos da nossa sociedade. Atualmente, 28% dos líderes da organização são mulheres. Entre os alvos dessa iniciativa está a contratação, até 2023,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Menu