mockup_novo_site

Portal Revista Alumínio tem recorde de acessos

Números confirmam acerto na mudança do projeto antes focado no impresso

Em abril, de acordo com o Google Analytics, o portal Revista Alumínio alcançou a importante marca de mais de 10 mil acessos em um único mês, recorde absoluto do site. Apenas em 2020, cerca de 50 mil páginas do portal foram visualizadas por um público crescente e bastante variado — aproximadamente 90% dos acessos são de novos usuários.

Nossos leitores estão localizados nos principais centros econômicos e decisores do Brasil — São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília —, além de locais em que o setor do alumínio tem forte operação, como Minas Gerais e Pará. 

Os resultados reforçam o acerto na alteração do projeto, feita no fim do ano passado, de transformar em portal de notícias um título estabelecido no mercado como publicação impressa.

Agradecemos aos nossos patrocinadores por acreditarem que informação de qualidade e propagada com agilidade são essenciais para a defesa e promoção de um setor tão importante para a economia. São eles: Alcoa, Alubar, Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), Hydro e Novelis.

Também somos gratos à valiosa chancela da Associação Brasileira do Alumínio (ABAL), importante balizadora do nosso trabalho.

Junte-se a esse time de peso e patrocine o portal Revista Alumínio. Clique aqui para mais detalhes.

Veja também:

Produção global de alumínio primário cresce 4,22% em dezembro de 2020

O International Aluminium Institute (IAI) divulgou o resultado da produção global do metal primário em dezembro de 2020, que somou 5,6 milhões de toneladas, um aumento de 4,22% em comparação ao mesmo período de 2019. Apesar disso, a média diária de produção foi 0,33% menor em relação a novembro do ano passado. De acordo com

Alubar aumenta capacidade produtiva com novo laminador no Pará

Após nove meses, a Alubar finalizou o projeto do 4º laminador da fábrica localizada em Barcarena (PA). Com a instalação do equipamento, a companhia terá um incremento médio de 30 mil t/a na produção de vergalhões de ligas de alumínio e deve reduzir a importação de insumos, com impacto direto nos custos. A operação e

MRN atinge meta de reflorestamento em 2020 no Pará

A Mineração Rio do Norte (MRN), que mantém uma operação com bauxita na Floresta Nacional Saracá-Taquera, no município paraense de Oriximiná, finalizou o ano de 2020 com mais de 500 ha de área reflorestada. O resultado ficou acima da média anual, que gira em torno de 350 a 400 ha. Ao todo, o trabalho envolveu

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima