645463_20220215_Polestar_bonded_aluminium_platform

Polestar desenvolve plataforma de alumínio adesivado

Ela será a base do futuro Polestar 5, sedã elétrico de alta performance que irá rivalizar com o Tesla Model S e o Porsche Taycan

A Polestar, marca de automóveis 100% elétricos Premium do Grupo Volvo Cars, anunciou o desenvolvimento de uma nova plataforma de alumínio adesivado. Sobre ela será montado o Polestar 5, sedã de alta performance que será o topo de linha da marca.

Trata-se da primeira plataforma desenvolvida internamente pela Polestar. Segundo a fabricante, ela permitirá que o futuro Polestar tenha rigidez torcional superior ao que é encontrado nos atuais modelos esportivos de dois lugares ou mesmo nos superesportivos.

“Nós queríamos que esse carro fosse leve, tivesse qualidade superior e fosse desenvolvido rapidamente. Essa nova arquitetura de alumínio adesivado entrega atributos superiores de segurança e dinamismo ao volante, com baixo investimento tecnológico, que também é aplicável em produção de grandes volumes”, explica Pete Allen, head de P&D da Polestar UK.

Novos processos produtivos
O desenvolvimento da nova plataforma de alumínio trouxe alguns desafios. A tecnologia de adesivagem já havia se mostrado bastante trabalhosa e, além disso, sua aplicação na produção de grandes volumes acabava resultando no comprometimento da qualidade.

A questão foi resolvida com a criação de um processo de manufatura inteiramente novo, capaz de realizar a montagem da plataforma e da estrutura de carroceria de forma simultânea. Como resultado, é esperado que a carroceria ‘body-in-white’ pese menos do que a de carros de segmentos menores.

Dessa forma, a nova plataforma vai contribuir para a eficiência energética ampliada, com maior autonomia em relação à carga de bateria, além de respostas dinâmicas ao volante mais acuradas e níveis mais elevados de segurança, graças à rigidez mais elevada.

Segundo a Polestar, os processos de produção desenvolvidos para a nova plataforma de alumínio adesivado poderão ser introduzidos na linha de montagem de forma mais rápida e simples. Assim, o tempo de implementação em produção será mais curto.

Plataforma de alumínio adesivado da Polestar: sobre ela será montado o Polestar 5, sedã de alta performance que será o topo de linha da marca (Fotos: Divulgação/Polestar)

Experiência de Fórmula 1
A nova plataforma foi desenvolvida pela equipe de Pesquisa e Desenvolvimento da Polestar, baseada na Grã-Bretanha. São cerca de 280 pessoas, incluindo engenheiros com experiência em equipes de Fórmula 1 e em fabricantes de superesportivos de baixo volume.

“Nossa equipe de P&D do Reino Unido é um dos nossos ativos mais valiosos. Sua combinação de experiência de engenharia nos permitiu desenvolver uma tecnologia avançada e leve para um modelo esportivo. A mentalidade criativa e espírito da equipe abraçam a inovação na engenharia”, comemora Thomas Ingenlath, CEO da Polestar.

A plataforma de alumínio adesivado foi finalizada, mas o trabalho de desenvolvimento do Polestar 5 continua. A expectativa é de que o rival de Tesla Model S e Porsche Taycan seja lançado em 2024.

Veja também:

Pesquisa indica a Alcoa como uma das melhores empresas para profissionais LGBTI+ trabalharem

Realizado pelo Instituto Mais Diversidade em parceria com a Human Rights Campaign Foundation (HRC) e o Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+, a primeira edição do levantamento avaliou práticas de diversidade e inclusão em 60 empresas, nacionais e internacionais, com atuação no país. Desse total, 38 receberam a nota máxima e foram consideradas as melhores

Podcast da CBA tem participação de consultora da ABAL sobre esquadrias de alumínio

Já está disponível no Conecta CBA, podcast da Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), o terceiro episódio da segunda temporada. Magda Reis, consultora da Associação Brasileira do Alumínio (ABAL); e Fernando Varella, diretor do Negócio de Produtos Transformados da CBA, debatem os aspectos técnicos e aplicações da linha de esquadrias de alumínio Primora, além de tendências

Rolar para cima