Lorry Cargo Transport Delivery in motion, United Kingdom M1 Moto

Novelis e Maxion inovam com protótipo de chassis de caminhão feito com alumínio

Objetivo das empresas é promover a utilização do alumínio para a indústria de transportes

Uma parceria de dois anos envolvendo os centros técnicos da Novelis e da Maxion foi responsável pelo desenvolvimento de um protótipo de chassis de caminhão com aplicação de alumínio.

A criação, por meio de co-design, teve um amplo ciclo de desenvolvimento, com etapas de definição do material, simulação da aplicação, processo de conformação, testes prático e de repetição.

A iniciativa possibilitou a aplicação de novos materiais, com a utilização de processos de larga escala, em estruturas de veículos comerciais, oferecendo para as montadoras produtos com redução expressiva de peso e impacto ambiental.

Alumínio em automóveis
O setor automotivo é o segundo maior consumidor do metal no Brasil, atrás apenas do segmento de embalagens. Já na maioria dos países desenvolvidos, é para o setor de transportes que a maior parte do alumínio é destinada.

Somado a isso, há a demanda por veículos cada vez mais leves, menos poluentes e resistentes. O alumínio supre todas essas necessidades.

Por isso, a área automotiva tem potencial para consumir ainda mais alumínio no Brasil.

Crédito da imagem de abertura: adobe.stock.com

Veja também:

Pesquisa estima aumento de 24% no uso de alumínio em veículos leves na América do Norte até 2030

A mais recente pesquisa da Ducker Frontier, North American Light Vehicle Aluminium Content and Outlook, publicada em agosto, confirma a tendência de crescimento contínuo da participação do alumínio no conteúdo dos veículos leves na indústria automobilística norte-americana. Segundo o estudo, a presença do metal no conteúdo médio por veículo produzido deve subir para 233 kg

Tesla deve investir em máquinas gigantes de fundição de alumínio

Para garantir o uso mais avançado do alumínio no segmento automotivo, a Tesla – fabricante norte-americana de veículos elétricos – planeja substituir centenas de robôs por máquinas imensas de fundição. O investimento deve ser feito na planta da empresa localizada na Alemanha e a intenção é fabricar peças únicas de chassis, conforme divulgado pela Reuters.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Menu