SSUCv3H4sIAAAAAAAACpRSu27DMAzcC/QfDM0x4MSPOPmHAh26BR1oibWFKFIgySmCIP9eyrIKLR26mXfkHU/04/WlKNgATnJ2LB6holoqNTtvwUujCa42K25RC7Q5crN1V+UACumNlaBycADPJw0XJFDPSgX4uZDMefCzQxfcV4iDx5E0IvgrEVc8xbpIxELSBFHsA8nFKDPe2SZj3TwE9k06jkqBRjM7lvjo+YfgO5qrwn+IxY/PlBtG1Py+RMsiW1QIMfIptrLzt0d7yR8BZiFNlv9mOKjQUGdKVyu51GM2Zvy0HCiNcTNrb8MKLMVgypgrDJTrWHyRJiZ8AueoXSQ8M+L0O5hL5qONXwKsqkzQzUK5rXdt1zeHpt4fuqatdvXaEO88SdJZ1klCVPOzFHl0GTZgAwqErmvLLXyJsulFU/Zd1ZcC6wG5wLbZN/Twzx8AAAD//wMAsuBM1cICAAA=

Nova edição do Foco&Futuro, da ABAL, já tem mais de 1000 inscritos

Masterclass antecipou informações e novidades aos interessados no projeto voltado para estudantes e jovens profissionais

O projeto Foco&Futuro, realizado pela Associação Brasileira do Alumínio (ABAL), já superou a marca de 1000 inscritos. Com a proposta de “Impactar, desafiar e selecionar”, a nova edição pretende conduzir estudantes e jovens profissionais a uma trilha de conhecimento sobre a cadeia produtiva do alumínio.

Neste ano, o projeto adota o formato hackathon. Cerca de 70 participantes serão selecionados para uma semana imersiva – sob a orientação de profissionais da indústria do alumínio – para solucionar um desafio ligado à inovação e à sustentabilidade. Os finalistas ganharão prêmios e poderão ser convidados para entrevistas junto as empresas do setor, mediante disponibilidade de vagas.

Ao todo, 11 empresas associadas à ABAL participam do projeto. São elas: Albras, Alcoa, AMG Brasil, Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), Grupo Ibrap, Grupo ReciclaBR, Hydro, Mineração Rio do Norte (MRN), Novelis, Prolind e Termomecanica. Toda a jornada de conhecimento e desenvolvimento de carreira se dará por meio da plataforma da Eureca, consultoria especializada em recrutamento de jovens.

Encontro virtual
Na última quarta-feira (5/5), ocorreu a primeira masterclass do Foco&Futuro por meio do canal da Eureca no Youtube. Os estudantes e jovens profissionais puderam esclarecer dúvidas sobre a dinâmica do projeto e conhecer mais sobre o setor do alumínio.

Kaísa Couto, diretora da Área Técnica da ABAL, contou como foi a sua primeira experiência com o metal.

“Eu sou apaixonada pelo alumínio desde a época da faculdade, quando tive que fazer um projeto sobre reciclagem e conheci uma das indústrias. Ainda me encanto com o metal porque ele sempre traz soluções inovadoras e sustentáveis”, afirmou.

A executiva da ABAL aproveitou a oportunidade para explicar quais são os quatro principais elos da cadeia produtiva.

“O upstream envolve desde a mineração de bauxita, a produção de alumina até o alumínio primário. No Brasil, possuímos a quarta maior reserva deste minério, além de termos energia elétrica limpa e renovável para a sua transformação em alumínio. Esse elo é representado por grandes empresas, de capital intensivo, que investem em sustentabilidade e responsabilidade social”, explica.

Em seguida, estão os produtos transformados e semimanufaturados, onde as companhias promovem altos investimentos em desenvolvimento e inovação. Já o terceiro elo, compreende os produtos acabados.

“O alumínio está presente tanto em aplicações estratégicas, como na aeronáutica, em componentes de veículos elétricos, notebooks, entre outros, como em soluções simples — nas panelas e folhas de alumínio para uso doméstico. Costumo dizer que o metal é versátil e democrático.”

Por fim está a reciclagem de alumínio, que traz inúmeros benefícios para o setor, como a economia de até 95% de energia elétrica, quando comparada à produção de alumínio primário, além de retornos econômicos e sociais para o país.

Durante o encontro, Caroline Alves Peixoto, analista de Projetos Júnior na ABAL, destacou que os inscritos no Foco&Futuro terão contato entre si e com as 11 empresas participantes que atuam por todo o Brasil.

“Vai ser difícil não se identificar com alguma companhia. A jornada será riquíssima em conhecimento e a curadoria de desenvolvimento de carreira contará pontos para a semana de imersão. Será bem interativo. Todos terão acesso às lives que envolvem tanto hard como soft skills. Para participar da semana de imersão, é preciso gravar um vídeo para conhecermos mais sobre vocês”, explica.

 

Rafael Torres, diretor de Comunicação e Gestão da ABAL, convidou os interessados a acessarem o Manifesto “Alumínio brasileiro para um futuro sustentável” e reforçou a importância da ABAL, que completará 51 anos no dia 15 de maio de 2021. O trabalho da associação envolve a defesa setorial, representatividade em diversos fóruns e atuação junto à academia. Atualmente, o setor emprega mais de 480 mil pessoas e tem um faturamento de mais de R$ 1 bilhão (dados de 2019).

 “É um mercado muito forte. Uma das nossas tarefas é mostrar que o alumínio é estratégico e pode ser um diferencial de carreira”, reforça o gestor da ABAL.

 As inscrições seguem abertas até o dia 14 de maio, por meio do site da Eureca. 

Para isso, é necessário preencher os seguintes pré-requisitos:

  • Ser formado ou formar-se (Bacharelado ou Tecnólogo) no período de dezembro de 2019 a julho de 2022. Não há restrição de curso;
  • Não estar trabalhando;
  • Ter disponibilidade para participar da semana de imersão do desafio de 24 a 28 de maio de 2021.

Veja também:

Hydro envia insumos para apoiar vacinação contra a Covid-19 no Pará

Para continuar contribuindo com os esforços do Pará no combate à pandemia da Covid-19, a Hydro doou 250 mil seringas e agulhas às secretarias de Estado de Saúde Pública (Sespa) e de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme). “Neste momento de grandes desafios, é importante nos unirmos para ajudar nas iniciativas mais relevantes para a

Gincana solidária da Prolind arrecada mais de 2 toneladas de alimentos

Em comemoração aos 30 anos de fundação, a Prolind Alumínio organizou uma gincana solidária entre seus colaboradores. Sete grupos de voluntários inscreveram-se para participar das atividades e arrecadação de alimentos e roupas para instituições beneficentes. No total, foram conseguidos 1.182 kg de alimentos, 292 agasalhos e 585 peças de roupas. A empresa, por sua vez,

Alubar segue com doações para vacinação contra a Covid-19 no Pará

No dia 08 de setembro, a Alubar promoveu mais uma doação de itens necessários para a aplicação de imunizantes contra a Covid-19 em nove municípios paraenses. Até o dia 14 de setembro, mais oito cidades da região serão contempladas. Os 730 kits incluem algodões, bobinas de gelo, caixas organizadoras e térmicas com medidores de temperatura,

Rolar para cima