Industrial landscape with high voltage power lines at the sunset

Indústria do alumínio assina manifesto a favor da modernização do setor de energia elétrica

Documento com chancela da ABAL alerta para alterações da Medida Provisória 1031/21, as quais podem encarecer o custo de energia no país

A Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) é uma das signatárias do manifesto do setor produtivo que defende a capitalização equilibrada da Eletrobras, por meio da Medida Provisória 1031/21, em apreciação no Congresso Nacional. Além disso, o texto é favorável à modernização do setor de energia elétrica, conforme previsto no Projeto de Lei 414/21, em discussão na Câmara dos Deputados.

Segundo o documento, dezenas de associações e federações que representam indústrias nacionais são contra a proposta de alterações da MP 1031/21, pois resultaria no encarecimento da energia no Brasil. Alguns dispositivos propõem a obrigatoriedade de compra, inserção de subsídios a segmentos do setor elétrico e a distribuição desigual dos benefícios entre os consumidores.

Nesse sentido, as entidades consideram melhor reavaliar a capitalização da Eletrobras e pensar em alternativas menos danosas à sociedade.

O manifesto também aponta para a necessidade de transformar a vocação do país na área de energias renováveis, incluindo as novas tendências tecnológicas, em um ambiente moderno e de prosperidade por meio da competição, transparência e poder de escolha dos consumidores, alocando corretamente os riscos, custos e benefícios.

Clique aqui e leia o manifesto na íntegra

Veja também:

Consumo de alumínio tem alta de 25,2% no 1º semestre de 2021

A pesquisa de mercado consolidada pela Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) no primeiro semestre de 2021 revela que o consumo doméstico de produtos transformados cresceu 25,2% em relação ao mesmo período do ano passado. O volume total foi de 805 mil t, sendo 88% de origem nacional e o restante de importações. “O bom desempenho

Balança comercial: alumínio registra superávit no primeiro semestre de 2021

De acordo com a Associação Brasileira do Alumínio (ABAL), a balança comercial do setor no primeiro semestre de 2021 registrou superávit de US$ 623 milhões (valor FOB, sigla em inglês para designar o frete em que a responsabilidade pelo transporte da mercadoria é do cliente). O resultado positivo se deve, principalmente, às exportações de alumina

Novo IPad tem estrutura com alumínio 100% reciclado

Com foco no meio ambiente, os novos iPad e iPad mini têm estrutura com alumínio 100% reciclado e estão disponíveis nas cores prateado e cinza-espacial. Segundo a Apple, fabricante dos equipamentos, todos os modelos da linha contam com o metal. Atualmente, as operações corporativas globais da empresa são neutras em emissões de carbono. No entanto,

Rolar para cima