Industrial landscape with high voltage power lines at the sunset

Indústria do alumínio assina manifesto a favor da modernização do setor de energia elétrica

Documento com chancela da ABAL alerta para alterações da Medida Provisória 1031/21, as quais podem encarecer o custo de energia no país

A Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) é uma das signatárias do manifesto do setor produtivo que defende a capitalização equilibrada da Eletrobras, por meio da Medida Provisória 1031/21, em apreciação no Congresso Nacional. Além disso, o texto é favorável à modernização do setor de energia elétrica, conforme previsto no Projeto de Lei 414/21, em discussão na Câmara dos Deputados.

Segundo o documento, dezenas de associações e federações que representam indústrias nacionais são contra a proposta de alterações da MP 1031/21, pois resultaria no encarecimento da energia no Brasil. Alguns dispositivos propõem a obrigatoriedade de compra, inserção de subsídios a segmentos do setor elétrico e a distribuição desigual dos benefícios entre os consumidores.

Nesse sentido, as entidades consideram melhor reavaliar a capitalização da Eletrobras e pensar em alternativas menos danosas à sociedade.

O manifesto também aponta para a necessidade de transformar a vocação do país na área de energias renováveis, incluindo as novas tendências tecnológicas, em um ambiente moderno e de prosperidade por meio da competição, transparência e poder de escolha dos consumidores, alocando corretamente os riscos, custos e benefícios.

Clique aqui e leia o manifesto na íntegra

Veja também:

Albras fecha novos acordos para fornecimento da liga PFA

A Albras – subsidiária da multinacional norueguesa Hydro, localizada em Barcarena (PA) – anunciou a assinatura de novos contratos para fornecimento da liga especial PFA para fabricantes automotivos de rodas de liga leve. Após o lançamento do produto no seu portfólio em 2019, a empresa já ocupa a segunda posição no ranking nacional de comercialização, com volume de

MRN completa 43 anos de mineração sustentável na Amazônia

A Mineração Rio do Norte (MRN), localizada no distrito de Porto de Trombetas, município de Oriximiná, no oeste do Pará, completa 43 anos de atividades no dia 13 de agosto – data do primeiro embarque de bauxita, matéria-prima da cadeia produtiva do alumínio. A companhia foi construída com o propósito de promover uma mineração sustentável

CBA lucra R$ 511 milhões no segundo trimestre de 2022

A Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) teve lucro líquido de R$ 511 milhões no segundo trimestre de 2022, com alta de 29% em relação ao mesmo período do ano passado. Já a receita líquida consolidada foi de R$ 2,3 bilhões, crescimento de 22% na mesma base de comparação. Segundo a empresa, o EBITDA ajustado (sigla

Rolar para cima