Imagem-Abralatas-ohxcsu7zkhe9ok3rvhrh66yw16xrzkaln2rmebmkco (1)

Indústria de latas de alumínio trabalha para manter abastecimento durante pandemia

Medida garante a produção das 22 fábricas de embalagens para bebidas no Brasil

Diante da situação emergencial instalada por conta da pandemia do novo coronavírus, a Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alumínio (Abralatas) desenvolve várias iniciativas para garantir o abastecimento das embalagens para bebidas à população.

Uma das ações foi o envio de uma carta ao Ministério da Economia e Casa Civil ressaltando a importância da permanência contínua da operação do setor de latas de alumínio durante todo o combate à Covid-19.

A Abralatas afirma estar concentrada em garantir a segurança de todos os colaboradores do setor, assim como a continuidade das operações de fabricação de latas de alumínio para bebidas, sempre em cumprimento à legislação.

A associação também ressalta que as embalagens de alumínio têm propriedades que oferecem a proteção necessária para conservar as características dos produtos, aumentar a sua vida útil e garantir o consumo seguro, proporcionando barreira contra umidade, oxigênio e ação da luz, sem necessidade de refrigeração.

“As nossas iniciativas e nosso empenho também englobam as demais atividades que integram a cadeia produtiva da lata de alumínio para bebidas, como fornecedores de insumos e prestadores de serviços, inclusive de coleta e reciclagem da sucata dessa embalagem”, afirma Cátilo Cândido, presidente-executivo da Abralatas.

Veja também:

Linha Native One de café expresso ganha novas cápsulas de alumínio

A Native renovou a linha de café expresso orgânico Native One e oferece agora cápsulas de alumínio 100% recicláveis, com cores que diferenciam o sabor das intensidades disponíveis. Os produtos também receberam embalagens herméticas, as quais, segundo a fabricante, garantem a qualidade e as características do café durante todo o período de validade (shelf life).

Cresce a demanda por embalagens de alumínio em meio à pandemia

O consumidor brasileiro mudou os hábitos diante da pandemia do novo coronavírus. Por permanecer mais tempo dentro de casa, tem optado por produtos com maior prazo de validade, refeições via delivery e a compra de bebidas em lata, segmentos atendidos pelo setor de embalagens de alumínio. Fernando Wongtschowski, gerente sênior de Estratégia e Marketing da

Fabricantes de latas de alumínio doam cestas básicas para catadores

A Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alumínio (Abralatas) vai realizar ao longo de três meses, uma ação humanitária para doar mais de 4.500 cestas básicas a cerca de 5 mil catadores de materiais recicláveis, entre autônomos e cooperados, que tiveram a renda comprometida por causa da pandemia. Esses profissionais representam 63 cooperativas espalhadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Menu