track-type loader excavator machine doing earthmoving work at sand quarry

Ibram anuncia mudanças para maior profissionalização da mineração brasileira

Instituto acredita que alterações resultarão em mais confiança nos rumos da atividade no País

O Conselho Diretor do Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) anunciou, no dia 21 de novembro, mudanças no Estatuto e no Regimento Interno. O objetivo é reforçar a estrutura de governança, ampliar a participação das mineradoras no Conselho, em novos comitês técnicos e também setoriais relacionados às variadas substâncias minerais, como a bauxita, matéria-prima do alumínio.

A criação desses comitês, de acordo com o Ibram, deve permitir a organização de debates mais aprofundados relacionados a cada tipo de minério. Estas e outras medidas irão conferir maior nível de profissionalização à gestão do instituto e tornar a representatividade mais democrática, abrangente e estratégica.

“O Ibram amplia a representatividade no universo da mineração brasileira e abre espaço para mais públicos se manifestarem e participarem da tomada de decisões. Vamos consolidar o Instituto como a voz do setor, desde as micro e pequenas até as médias e grandes companhias mineradoras”, diz Wilson Brumer, presidente do Conselho Diretor.

Atualmente, há 9.400 minas em operação no Brasil,  sob responsabilidade de 7.638 empresas mineradoras. Desse montante, 87,3% são microempresas, 11,5% pequenas e médias, e apenas 1,6% grandes.

“O Ibram não pretende substituir as demais entidades e associações representativas do setor. Todas exercem papel importante na defesa dos interesses da indústria minerária. A proposta é de união do segmento, de modo que a mineração seja, efetivamente, reconhecida pela sociedade como indutora do desenvolvimento econômico e social do País”, afirma o dirigente.

Você sabe como é feita a mineração de bauxita no Brasil? Com responsabilidade ambiental e compromisso com a comunidade. Confira nosso especial sobre o assunto!

Crédito da imagem de abertura: adobe.stock.com

Veja também:

Nasa homenageia profissionais de saúde com placa de alumínio

A National Aeronautics and Space Administration (Nasa) criou uma placa de alumínio para homenagear os profissionais de saúde na luta contra a Covid-19 no mundo. A peça será enviada para Marte por meio do rover Perserverance, um veículo não tripulado de exploração espacial. O lançamento está previsto para 20 de julho. Nessa missão, o rover

Conheça Juruti: sem abrir mão da identidade, cidade evolui com o alumínio

Empresas que atuam no segmento do alumínio estão em regiões talvez não tão conhecidas pelos brasileiros. A ação das companhias nessas localidades gera emprego, circulação de renda e melhorias na infraestrutura, dentre diversos benefícios. Para jogar luz a esse fato muitas vezes desconhecido, iniciamos uma “viagem” pelo País, apresentando cidades influenciadas pelo setor. Nosso primeiro

5 fatos sobre a sustentabilidade do alumínio

Hoje, 5 de maio, é celebrado o Dia Mundial do Meio Ambiente. A data, instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU), é sempre uma oportunidade importante para refletir sobre como a sociedade pode atuar na preservação da natureza e dos recursos naturais. O alumínio é um material importante nesse sentido. Confira alguns fatos sobre o

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Menu