Bauxita

Hydro e UFPA lançam curso de pós-graduação em Geotécnica no Estado do Pará

Especialização é voltada para profissionais da companhia e do mercado

Em parceria com a Universidade Federal do Pará (UFPA), a Hydro vai oferecer especialização lato sensu em Geotécnica. Com duração de 18 meses, o curso terá 24 vagas para seus empregados e 9 para o público externo, de acordo com edital de seleção da instituição de ensino. A previsão de início é abril de 2021.  

Atualmente, não há graduação em Engenharia Geotécnica no Estado do Pará. E essa é a primeira vez que uma pós-graduação na área é ofertada pela escola de Ensino Superior junto com uma empresa da cadeia do alumínio.

“Como há uma grande demanda no mercado por profissionais especializados em Geotécnica, identificamos a oportunidade de desenvolver uma equipe própria, com alto nível de conhecimento e alinhada às nossas necessidades e, além disso, contribuir para o desenvolvimento da mão de obra local”, explica Douglas Ruozzi, diretor de Recursos Humanos da Hydro.

De acordo com o executivo, a Hydro mapeou os perfis dos engenheiros e das funções ocupadas atualmente para formação da equipe.

“Com o levantamento em mãos, buscamos a UFPA para formatar a grade curricular do curso de especialização”, comenta.

A pós-graduação é voltada para profissionais formados nas áreas de engenharia Civil, de Minas e de Geologia, Geologia, Geociências e Geofísica. A ideia é que os alunos sejam capacitados para atuar com excelência em projetos, operação, manutenção e segurança de barragens e outros sistemas de disposição de rejeitos e resíduos sólidos.

 As inscrições para o público interno da Hydro devem ser feitas junto à equipe de Recursos Humanos. Para o público externo, é possível inscrever-se no site da UFPA até o dia 28 de fevereiro de 2021.

Veja também:

Indústria do alumínio mantém operações na fase vermelha em São Paulo

Por conta das medidas mais rigorosas anunciadas pelo Governo do Estado de São Paulo para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus, a Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) divulgou um parecer sobre a manutenção das atividades no período. Segundo análise dos atos normativos do ‘Plano São Paulo’, a indústria do alumínio pode funcionar normalmente

Instituto Alcoa abre inscrições para ações de apoio a projetos locais

Anualmente, o Instituto Alcoa desenvolve o Programa de Apoio a Projetos Locais. O objetivo é colaborar com iniciativas de organizações da sociedade civil ou do poder público voltadas as áreas de educação e de geração de trabalho e renda, nas regiões em que a companhia possui suas operações. A edição 2021 já está com inscrições

Termomecanica passará a produzir vergalhões de alumínio

Apesar da pandemia da Covid-19, a perspectiva da Termomecanica é de crescimento em novos mercados no Brasil e de aumento das exportações neste ano. A partir do segundo semestre, a empresa iniciará a fabricação de vergalhões de alumínio e o desenvolvimento de ligas especiais, para atender principalmente a indústria elétrica. “Acreditamos que os indicadores industriais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima