Fotorespirador ok

Covid-19: setor do alumínio doa chapas para projeto de ventilador pulmonar de baixo custo

Por meio da associada CBA, ABAL atendeu demanda da Poli-USP em menos de 24 horas

A Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) criou um projeto de ventilador pulmonar mecânico emergencial de baixo custo, denominado Inspire, para colaborar com a crise da Covid-19 no Brasil.

Consciente da importância desse trabalho, a Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) disponibilizou em menos de 24 horas, por meio de doação da Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), chapas de alumínio para serem utilizadas em componentes do equipamento. 

“Estamos muito confiantes de que o alumínio se mostrará uma solução eficaz para o ventilador, pois o material já é usado em diversos equipamentos médico-hospitalares, bem como em embalagens de remédios e até nas estruturas empregadas na montagem dos hospitais de campanha. A verdade é que o alumínio é cada vez mais essencial neste momento”, diz Milton Rego, presidente executivo da ABAL.

Os pesquisadores da Poli-USP estão na fase de testes de operação do ventilador e o modelo deve ficar pronto no final de abril para produção em escala industrial, quando deverá ter o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A patente do aparelho é aberta e seu custo estimado é de R$ 1 mil, bem abaixo do preço dos aparelhos importados, disponíveis a partir de R$ 15 mil.

Foto de abertura: Poli-USP

Veja também:

Novelis premia fornecedores estratégicos

Organizado pela Novelis, o 5º Programa de Reconhecimento de Fornecedores teve a cerimônia de premiação realizada na última quinta-feira, dia 17 de junho. O evento foi on-line por conta da pandemia da Covid-19. “A Novelis busca, cada vez mais, aprimorar sua relação com os parceiros para vencer os desafios em constante mudança, atender as necessidades

Poços de Caldas, cidade das águas termais e do minério de bauxita

Devido à formação geológica rica em minério de bauxita, a cidade de Poços de Caldas, localizada no Sudoeste de Minas Gerais, divisa com o Estado de São Paulo, ofereceu uma contribuição importante para o início da produção de alumínio primário no Brasil. A região atraiu investimentos da Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) há 80 anos

MRN anuncia vencedores de concurso cultural promovido no Pará

A Mineração Rio do Norte (MRN) finalizou o concurso cultural “Orgulho de Crescer com a Natureza à Nossa Volta – Ano 2”, realizado no Pará, estado em que mantém operação de mineração de bauxita. Ao todo, mais de 120 trabalhos artísticos foram inscritos nessa iniciativa que busca valorizar talentos locais e dar visibilidade a experiências

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima