Foto

Controladoria-Geral da União reconhece a Alubar como Empresa Pró-Ética

Companhia está entre as 26 aprovadas na edição 2018/2019

A Alubar foi reconhecida pela segunda vez consecutiva pela Controladoria-Geral da União (CGU) e Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social como empresa Pró-Ética — edição 2018/2019. A lista reúne 26 companhias aprovadas e o reconhecimento se deu pela qualidade do programa de integridade da empresa.

“Ficamos muito contentes em ser reconhecidos mais uma vez com essa premiação”, afirma André Cruz, gerente de Compliance da Alubar. “Mas o que nos deixa mais felizes é saber que existe algo muito maior por trás desse troféu: trabalho e compromisso, não só do time de compliance, mas de todas as áreas de negócio da empresa, as quais possuem a essência da ética e integridade dentro de suas operações.”

Fernando Nakazato, membro do Conselho de Administração da Alubar vê fortalecida nessa premiação a reputação da empresa junto ao mercado de energia elétrica no Brasil.

“Esse novo certificado como Empresa Pró-Ética, além de mais uma fonte de orgulho para todos nós, transmite a clara mensagem de que o crescimento da Alubar está sustentado em fortes pilares de integridade e compromisso de atuação ética em todos os mercados em que operamos”, destaca Nakazato.

As empresas aprovadas contam com os benefícios do reconhecimento, publicidade positiva e avaliação detalhada dos programas de integridade. Nesta edição, 373 empresas manifestaram interesse em participar do Pró-Ética. Confira a lista de empresas reconhecidas na edição 2018/2019.

A iniciativa da CGU e Ethos surgiu em 2010 com o intuito de promover a adoção de medidas de integridade e de prevenção da corrupção no setor empresarial de forma voluntária.

Veja também:

Alcoa adota medidas contra a Covid-19

Diante da pandemia de Covid-19, a Alcoa afirma que protege a saúde de seus colaboradores por meio de um extenso plano que segue todas as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde. A empresa também integra o Comitê Municipal de Crise para Enfrentamento da Emergência de Juruti, no Pará, onde

ABAL: cadeia do alumínio é fundamental no enfrentamento do coronavírus

A Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) se posicionou quanto à pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Segundo a entidade, “a necessidade de frear a aceleração do contágio tem de vir acompanhada de ações que garantam a preservação do emprego e da renda”. Por isso, é importante que o País continue produzindo sem comprometer

Em prol do meio ambiente, MRN investe na compostagem

A Mineração Rio do Norte (MRN) tem utilizado a compostagem como alternativa para o gerenciamento de resíduos orgânicos no distrito de Porto Trombetas, em Oriximiná, no Oeste do Pará, onde opera uma mina de bauxita. Compostagem, vale explicar, é um processo de estimulo à decomposição de materiais orgânicos com a finalidade de obter uma solução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Menu