Projeto-Alimentacao---Cultura

Com apoio da Novelis, projeto multidisciplinar ocorre em escolas públicas no interior paulista

Iniciativa leva educadores a refletir sobre alimentação saudável e herança cultural do Vale do Paraíba

A partir deste mês de maio, o projeto ‘Alimentação & Cultura’, desenvolvido pela empresa Evoluir em parceria com a Novelis, chega aos educadores da rede pública de Pindamonhangaba, cidade do Vale do Paraíba, a 150 km da capital paulista. O objetivo é promover a reflexão sobre saúde e educação integral na comunidade escolar, estimulando ainda a valorização dos territórios físico e cultural da região.

Eunice Lima, diretora de Comunicação e Relações Governamentais da Novelis, explica que a companhia tem como prioridade apoiar programas que causem impacto social importante na vida dos envolvidos, principalmente aqueles que contribuem com a formação pessoal e profissional dos moradores próximos às suas operações.

“Parcerias como essa são fundamentais não somente para os jovens que estão em formação, ou para as pessoas que atuam diretamente no operacional das campanhas, mas também para o futuro de todos nós, já que estamos colaborando com a geração que cuidará do nosso planeta lá na frente”, afirma a executiva.

A metodologia aplicada envolve a Aprendizagem Baseada em Projetos (ABP) e estimula as habilidades listadas na Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Para isso, o programa inclui encontros de formação, oficinas e rodas de conversa, além da distribuição de 1.800 livros da editora Evoluir.

A ação, que conta com o engajamento de 80 profissionais e beneficiará cerca de 2 mil alunos em 2021, também tem parceria da Secretaria Municipal de Educação do município.

“O projeto ultrapassa as definições de senso comum do que é alimentar-se de forma saudável. Abrange os conceitos biológico, psicológico, social, ecológico e espiritual de saúde. Também oportuniza aos educadores não apenas refletir sobre os conceitos, mas vivenciá-los, além de contribuir efetivamente para o desenvolvimento da educação integral da comunidade escolar”, avalia Luciana Ferreira, Secretária de Educação de Pinda.

Veja também:

Consumo de alumínio tem alta de 25,2% no 1º semestre de 2021

A pesquisa de mercado consolidada pela Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) no primeiro semestre de 2021 revela que o consumo doméstico de produtos transformados cresceu 25,2% em relação ao mesmo período do ano passado. O volume total foi de 805 mil t, sendo 88% de origem nacional e o restante de importações. “O bom desempenho

Estudos conduzidos pela CBA e UFV são destaque internacional

A parceria entre a Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) e a Universidade Federal de Viçosa (UFV) continua rendendo bons resultados e reconhecimentos na área ambiental. Diversas pesquisas sobre restauração florestal, conservação hídrica e reabilitação ambiental foram temas de publicações científicas do mundo inteiro. “Nossa busca pela eficiência e o investimento contínuo em inovação tecnológica estão

Balança comercial: alumínio registra superávit no primeiro semestre de 2021

De acordo com a Associação Brasileira do Alumínio (ABAL), a balança comercial do setor no primeiro semestre de 2021 registrou superávit de US$ 623 milhões (valor FOB, sigla em inglês para designar o frete em que a responsabilidade pelo transporte da mercadoria é do cliente). O resultado positivo se deve, principalmente, às exportações de alumina

Rolar para cima