Renata Pastre

Colaboradores se desenvolvem nas operações da Alcoa pelo país

Conheça a história de profissionais que atuam nos estados do Maranhão, Minas Gerais e Pará

A Alcoa emprega atualmente mais de 6 mil trabalhadores diretos e indiretos em suas operações no Brasil: Poços de Caldas (MG), Juruti (PA) e São Luís (MA). Dentro dessas unidades, a absorção e valorização da mão de obra local somam 42,51% das contratações. Além disso, as mulheres já representam 38,6% do total, o que comprova o respeito à diversidade de gênero.

Ao longo dos anos, entre os avanços da companhia percebe-se a contribuição para o crescimento profissional e pessoal dos seus trabalhadores.

Renata Pastre Noronha é um dos exemplos. A supervisora do laboratório da Alcoa em Poços de Caldas nasceu em Andradas e começou a trabalhar como química-júnior na unidade em 2007.

“Tive oportunidades que contribuíram para meu desenvolvimento profissional, incluindo um MBA em Gestão Empresarial patrocinado pela Alcoa. Neste ano de 2021, recebi o desafio de participar da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) como presidente, reforçando em mim a cultura de segurança e o valor ‘Cuidar das Pessoas’, pilares da companhia. Sou grata à Alcoa e tenho orgulho de trabalhar em uma empresa que possui valores tão sólidos”, destaca Renata.

Jorgeane Almeida é outra profissional que tem colhido bons frutos na empresa. Nascida em Oriximiná, no Estado do Pará, de onde saiu ainda jovem em busca de qualificação, formou-se em Engenharia Florestal e conseguiu um estágio na Alcoa Juruti, onde atualmente exerce a função de supervisora de Meio Ambiente.

“Costumo dizer que a Alcoa e Juruti marcaram a minha história, pois foi aqui que construí minha família e consegui meu primeiro emprego depois de formada, além de muitas realizações”, relata a supervisora. Sob a sua gestão, inaugurou-se o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres e a profissional ainda atua no processo de reflorestamento das áreas mineradas.

No Consórcio Alumar, em São Luís, Fernanda Garcês, supervisora de Manutenção, iniciou sua carreira no projeto Sintonia. Foi estagiária de Engenharia Mecânica e engenheira de Manutenção na Sala de Cubas e Lingotamento, e trabalhou ainda na Refinaria.

“Pude aprender e crescer como pessoa e profissionalmente. Sempre busco fazer o melhor, de forma a contribuir com os resultados. Posso dizer que a Alumar é uma escola em que, a cada dia, aprendo mais e me desenvolvo como uma pessoa apta ao trabalho que exerço”, declara Fernanda.

Para Otavio Carvalheira, presidente da Alcoa Brasil e vice-presidente de Operações Brasil e Oriente Médio, a maior conquista da companhia são as notáveis melhorias em diferentes áreas.

“Além de avanços na geração de empregos, nossas operações são projetos inovadores de mineração. Estamos integrados à comunidade, empregando elevados padrões de cuidado com o meio ambiente e segurança nas operações para as pessoas que trabalham conosco. Há, ainda, integração e desenvolvimento compartilhado com a comunidade. Todas essas conquistas só foram possíveis por meio da parceria com o poder público, entidades não governamentais e iniciativa privada”, conclui o executivo.

 

Veja também:

Voluntários da Alcoa promovem ação comunitária em Poços de Caldas (MG)

Apesar dos desafios impostos pela pandemia da Covid-19, os voluntários da Alcoa em Poços de Caldas (MG) iniciaram as ações comunitárias (Actions) de forma virtual, seguindo a dinâmica de 2020. A primeira, ocorrida no mês de abril em prol da Associação de Pais e Amigos para Apoio ao Talento (Aspat), beneficiou os alunos do Centro

Pará lidera ranking de exportações minerais no Brasil

O estado do Pará registrou o melhor desempenho nas exportações minerais do país, de janeiro a abril deste ano, com 57 milhões de t de produtos, o equivalente a US$ 8,1 bilhões. A informação foi divulgada no boletim econômico do Sindicato das Indústrias Minerais do Pará (Simineral), no dia 15 de maio, que também traz

Projeto Foco&Futuro, da ABAL, destaca inovação e sustentabilidade do setor do alumínio

O ‘Foco&Futuro: experiências que transformam’, iniciativa da Associação Brasileira do Alumínio (ABAL), promoveu na última quinta-feira, 13 de maio, a 2ª masterclass no canal do Youtube da Eureca, consultoria especializada em recrutamento de jovens e parceira no projeto. Na ocasião, representantes do grupo de mentores do hackathon deram dicas de conteúdo para os estudantes e

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima