Laboratório Químico CBA-ZM 4

CBA mantém certificação que atesta a excelência no monitoramento hídrico

Norma técnica aplicada a laboratórios de ensaios visa a garantir a confiabilidade dos resultados

A Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) teve a certificação ISO 17.025 do Laboratório Químico da Zona da Mata mantida. O documento atesta a aptidão da companhia para coletas e análises do monitoramento hídrico, trazendo mais agilidade e confiabilidade para os resultados.

 A auditoria foi realizada pela Rede Metrológica de Minas Gerais (RMMG). No total, foram avaliados 32 métodos de análises, incluindo a amostragem de águas superficiais, efluentes/residuais e água tratada.

 Para a manutenção do escopo, foi considerada a estruturação do laboratório de microbiologia, incluindo a instalação de uma sala para a realização de ensaios. Também foram incluídos os ensaios do laboratório de análises de bauxita, que obteve êxito na certificação de alumina aproveitável, sílica reativa e recuperação de lavagem.

“Com essa conquista, a CBA reafirma seu compromisso com a melhoria contínua e a busca pela excelência do monitoramento hídrico, tendo capacidade para atender 100% da demanda interna de análises ambientais de suas unidades de mineração “, afirma Christian Fonseca de Andrade, gerente das unidades da CBA na Zona da Mata.

Veja também:

Balança comercial: alumínio registra superávit no primeiro semestre de 2021

De acordo com a Associação Brasileira do Alumínio (ABAL), a balança comercial do setor no primeiro semestre de 2021 registrou superávit de US$ 623 milhões (valor FOB, sigla em inglês para designar o frete em que a responsabilidade pelo transporte da mercadoria é do cliente). O resultado positivo se deve, principalmente, às exportações de alumina

Novo IPad tem estrutura com alumínio 100% reciclado

Com foco no meio ambiente, os novos iPad e iPad mini têm estrutura com alumínio 100% reciclado e estão disponíveis nas cores prateado e cinza-espacial. Segundo a Apple, fabricante dos equipamentos, todos os modelos da linha contam com o metal. Atualmente, as operações corporativas globais da empresa são neutras em emissões de carbono. No entanto,

Alcoa completa 12 anos de investimentos em Juruti (PA)

Nesta quarta-feira, 15 de setembro, a Alcoa completa 12 anos desde a sua chegada no município de Juruti (PA), onde mantém uma mina de bauxita e movimenta o porto local. Além da preocupação com os negócios, a companhia mantém um olhar para o futuro da cidade, a partir de investimentos em diversas áreas, como a

Rolar para cima