Prêmio Brasil Mineral (38)

CBA é eleita Empresa do Ano do Setor Mineral

Pelo terceiro ano seguido, empresa foi premiada na categoria Minerais Não Ferrosos

11 de julho, às 10h35

A Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) foi eleita Empresa do Ano do Setor Mineral na categoria Minerais Não Ferrosos pela revista Brasil Mineral. Essa é a 3ª vez consecutiva que a empresa, do Grupo Votorantim, recebe o prêmio. A cerimônia de entrega foi realizada em junho e contou com representantes do setor minerometalúrgico.

“De 2016 para cá, enquanto várias empresas tiveram de encerrar suas atividades, inclusive algumas do setor de alumínio, e a atividade de mineração foi constantemente colocada em xeque, a CBA reinventou-se”, afirma Fernando Varella, diretor da Unidade de Negócios Downstream da CBA. “Passamos por mudanças profundas na estratégia de longo prazo, na governança e na cultura organizacional. 2018 foi o ano em que consolidamos todo esse processo, fortalecendo ainda mais os nossos eixos de cultura”, completa.

A premiação é realizada anualmente há 35 anos. A eleição dos vencedores é feita em duas etapas: primeiro, o conselho consultivo da revista indica uma série de empresas que, posteriormente, são colocadas em votação. Os leitores podem escolher até duas entre as listadas. No total, são cinco categorias e dez empresas premiadas. Na categoria Minerais Não Ferrosos, além da CBA, foi reconhecida a Nexa Resources.

 

Veja também:

MRN amplia projeto e garante estudo a alunos em comunidades do Pará

Jovens das comunidades do Alto Trombetas II, localizada na cidade de Oriximiná, Oeste do Pará, cursarão o Ensino Médio com a expansão do Projeto de Apoio à Educação Básica que a Mineração Rio Norte (MRN) mantém com as comunidades quilombolas vizinhas da empresa. “O projeto oferece escola com condições reais de participação desses alunos, para que

Ibram afirma que produção mineral cresceu 11% em 2019

No mesmo dia em que o IBGE divulgou que a indústria extrativa apresentou queda de 9,7% em 2019, sendo determinante para recuo de 1,1% no desempenho da produção industrial brasileira, o Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) apresentou outros resultados: segundo o órgão, a produção mineral, excluindo os segmentos de óleo e gás, cresceu 11% em

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Menu