Prêmio Brasil Mineral (38)

CBA é eleita Empresa do Ano do Setor Mineral

Pelo terceiro ano seguido, empresa foi premiada na categoria Minerais Não Ferrosos

11 de julho, às 10h35

A Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) foi eleita Empresa do Ano do Setor Mineral na categoria Minerais Não Ferrosos pela revista Brasil Mineral. Essa é a 3ª vez consecutiva que a empresa, do Grupo Votorantim, recebe o prêmio. A cerimônia de entrega foi realizada em junho e contou com representantes do setor minerometalúrgico.

“De 2016 para cá, enquanto várias empresas tiveram de encerrar suas atividades, inclusive algumas do setor de alumínio, e a atividade de mineração foi constantemente colocada em xeque, a CBA reinventou-se”, afirma Fernando Varella, diretor da Unidade de Negócios Downstream da CBA. “Passamos por mudanças profundas na estratégia de longo prazo, na governança e na cultura organizacional. 2018 foi o ano em que consolidamos todo esse processo, fortalecendo ainda mais os nossos eixos de cultura”, completa.

A premiação é realizada anualmente há 35 anos. A eleição dos vencedores é feita em duas etapas: primeiro, o conselho consultivo da revista indica uma série de empresas que, posteriormente, são colocadas em votação. Os leitores podem escolher até duas entre as listadas. No total, são cinco categorias e dez empresas premiadas. Na categoria Minerais Não Ferrosos, além da CBA, foi reconhecida a Nexa Resources.

 

Veja também:

Instituto Votorantim seleciona cidades para apoio no enfrentamento da Covid-19

O Instituto Votorantim lançou o edital “Municípios Contra o Coronavírus”, que selecionará até 20 cidades para receber assessoria técnica e especializada para as prefeituras, equipes da secretaria de saúde e de gestão, visando a apoiar o enfrentamento e gerenciamento da pandemia da Covid-19. A Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), braço do Grupo Votorantim, apoia a

Hydro ajuda sete municípios paraenses no combate à pandemia

A Hydro fará a distribuição de 25 mil cestas básicas e materiais de higiene para famílias em maior vulnerabilidade social, que vivem nos municípios próximos das suas atividades no Estado do Pará: Paragominas, Ipixuna do Pará, Tomé-açu, Acará, Moju, Abaetetuba e Barcarena. Além disso, a companhia vai entregar cinco mil kits para testes de detecção

ABAL debate questões jurídicas relacionadas à pandemia

Diante das incertezas causadas pela disseminação do novo coronavírus no País, a Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) promoveu para seus associados o “ABAL Insights – Covid-19”, que contemplou três webinars. O objetivo foi discutir com advogados do escritório Lobo de Rizzo, que presta assessoria jurídica para a associação, os impactos no direito de ir e

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Menu