Alumínio como driver da inovação industrial

Por todo o último ano, o alumínio mostrou um crescimento excelente como material industrial. A tecnologia avançada dos processos e as vantagens ímpares e únicas do alumínio são extensamente aplicadas na engenharia do setor automotivo, setor dos transportes e na indústria de construção civil.

Partindo disso, não é uma surpresa que o número de expositores e, também, o espaço utilizado para a feira mundial ALUMINIUM 2016, que aconteceu em Dusseldorf, na Alemanha, tenham sido maiores e mais extensos do que nunca antes e frequentados por produtores, tecnólogos, designers e engenheiros de diferentes indústrias que produzem e usam alumínio.

A cada dois anos, durante a feira, premiamos produtos ou projetos nos quais o alumínio foi aplicado de maneira inovadora. Esses prêmios, os Aluminium Awards, são distribuídos para designers industriais, produtores, importadores, arquitetos, construtores e criadores, que competem em diversas categorias.

Pensamos que ao ganhar essa premiação, em qualquer que seja a categoria, não é apenas o reconhecimento para uma empresa por sua abordagem de negócios, mas é, acima de tudo, um importante impulso para a promoção do vencedor e o seu projeto de produto.
Analisando as inscrições para o prêmio, vemos claramente que a tendência da construção leve está ficando cada vez mais forte, com o passar dos anos.

A indústria automotiva é um driver importante para diversas inovações nesta área e, justamente por isso, a reciclagem do alumínio tem se tornado um fator-chave para o design industrial. Na categoria de Arquitetura e Construção, o vencedor foi Groven+ pela fachada de vidro de alumínio na parte superior de um edifício histórico, em Antuérpia, na Bélgica. Zaha Hadid, o arquiteto desse projeto, conseguiu transmitir a versatilidade do material, com a estrutura leve e o design moderno.

Premiamos também, como Jovem Talento, Niels Grafen, pela primeira motocicleta do mundo impressa em 3D. A Airbus APworks forneceu a liga de alumínio Scalmalloy®, que permitiu que a moto fosse colocada nas estradas tendo seus componentes estruturais impressos em 3D. Junto com o design biônico, este é o futuro dos novos produtos. A motocicleta é um excelente exemplo de todos esses novos desenvolvimentos.

Por isso, valorizamos conceitos importantes dentro dos projetos, que provam a preocupação e o compromisso dos participantes com a inovação. Como a originalidade e a funcionalidade do projeto, que deve ter um encontro de sua função tecnológica com a primária do usuário, além de ter um design harmônico, mostrando a preocupação nos detalhes da forma em relação com o material utilizado.

Levamos em consideração também nas avaliações a quantidade e tipo de recursos utilizados — matérias-primas, seres humanos, máquinas e energia — em relação aos custos de emissão e ciclo de vida, assim como a possibilidade de reciclar os materiais aplicados e as matérias-primas utilizadas.

Para esta última edição, a décima primeira, o júri decidiu conceder também, além dos prêmios por categoria, o reconhecimento de ALUMINUM LIFETIME ACHIEVEMENT à empresa do setor automotivo Audi, que foi pioneira na inovação em alumínio e, como tal, de grande importância para a promoção do alumínio nos últimos 20 anos.

Veja também:

Por que o alumínio é fundamental no combate ao novo coronavírus?

Com a chegada do novo coronavírus, causador da Covid-19, o Brasil entrou em estado de alerta. Os governos estaduais instituíram a quarentena para segurar o pico da pandemia, permitindo apenas a manutenção dos serviços considerados essenciais. Porém, dentro desse contexto, a indústria do alumínio também não pode parar. Para garantir segurança jurídica e abastecimento à

Coronavírus sobrevivem menos tempo em superfícies de alumínio?

Com o avanço da pandemia da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2), muitas pessoas receberam por mensagem de WhatsApp ou viram nas redes sociais informações de uma pesquisa que mostra quanto tempo o vírus resiste em determinadas estruturas, dentre elas, as de alumínio. Para evitar qualquer desinformação em um momento tão crítico, fomos atrás

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Menu