Alumínio em nova fase

A revista mais importante do segmento no Brasil volta a ser publicada


É com muita satisfação que publicamos a mais nova edição de Alumínio! Explica-se: a revista está em nova fase, agora produzida pela agência Verbus Comunicação. Antes trimestral, ela agora é quadrimestral (ou seja, será publicada três vezes ao ano). Mas isso não quer dizer que você terá menos informação.

Entendemos que a comunicação mudou e que Alumínio não deve ser vista apenas como uma revista, mas como um veículo de comunicação multimídia. Assim, por meio do nosso site, newsletter e redes sociais (veja a seção “#Alumínio”, na página 6), seremos mais presentes no dia a dia dos nossos leitores, oferecendo não apenas as reportagens de apuração sempre aprofundadas e preparadas para a revista, mas também as últimas notícias do setor. Afinal, entre uma edição e outra, muita coisa pode acontecer.

Produziremos conteúdo para aqueles que atuam no setor e também para os que consomem alumínio. Conversaremos com os que acreditam na importância do material para o desenvolvimento econômico e social do Brasil: líderes, empresários, governantes, investidores e profissionais da área. É fato que esse público precisa saber das novidades, de informação bem-apurada e de análises profundas. E é para isso que Alumínio existe!

A capa desta edição traz um assunto de grande valor para o setor: a Rota estratégica da cadeia brasileira do alumínio, material produzido pela ABAL em parceria com o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e a Confederação Nacional da Indústria (CNI). Entenda, na página 14, como ele será fundamental para auxiliar o planejamento de todos os stakeholders do setor até 2030.

Entre diversas outras pautas, temos também matérias sobre tendências da aplicação do alumínio pelas montadoras de carros brasileiras e mostramos como as empresas do setor estão incentivando a diversidade em seus quadros de colaboradores. Não perca ainda a entrevista que fizemos com Welber Barral, ex-secretário de Comércio Exterior do Brasil, sobre o atual cenário mundial das exportações e importações e os desdobramentos no momento nacional.

Boa leitura!


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *