AlubarMontenegro ok

Alubar Montenegro aumenta capacidade produtiva em 133%

Planta localizada no Rio Grande do Sul fabrica condutores elétricos de alumínio

A Alubar iniciou a instalação de três máquinas na fábrica localizada no município de Montenegro, Região Metropolitana de Porto Alegre. O objetivo é aumentar a capacidade de produção de cabos elétricos de alumínio na planta. A obra deve ser concluída ainda em junho.

Os equipamentos envolvem uma linha de trefilação 15 passos, utilizada para transformar os vergalhões de alumínio em fios; uma linha de encordoamento tubular 6+1, para trançar os fios e formar os cabos elétricos; além de um limpador de espulas, uma máquina auxiliar da linha de trefilação.

“Com as novas máquinas, a capacidade produtiva atual da Alubar Montenegro terá um incremento de 133%”, explica Andrea Bernardotto, gerente de Montagens Industriais e Infraestrutura da Alubar.

Segundo o gerente, a empresa tem seguido à risca as orientações de saúde, segurança e prevenção da Covid-19 para desenvolver as obras de instalação dos equipamentos.

Veja também:

Câmara dos Deputados aprova texto base da ‘Nova Lei do Gás’

A Câmara dos Deputados aprovou na noite do dia 1º de setembro o texto-base da chamada Nova Lei de Gás, Projeto de Lei 6407/13, que altera o marco regulatório do setor de gás natural, matéria-prima importante para a geração de energia elétrica das indústrias de alumínio. Agora, o projeto será submetido ao Senado Federal. Entre

Grupo Alubar abre empresa para centralizar administração

Fabricante de cabos elétricos e vergalhões de alumínio, o Grupo Alubar acaba de criar a Alubar Global Management. Com escritório localizado em São Paulo, a companhia buscará fortalecer a administração das unidades e escritórios no Brasil, Canadá e Estados Unidos, além de prospectar novas oportunidades de mercado. Dirigida por Maurício Gouvêa (na imagem, o terceiro

Quando o alumínio é a melhor opção para cabos de energia elétrica?

O setor elétrico registrou a maior alta (26,9%) dentre os mercados que mais consumiram alumínio em 2019, de acordo com o Anuário Estatístico 2019, divulgado pela Associação Brasileira do Alumínio (ABAL). O resultado positivo está relacionado à fabricação de cabos de energia elétrica. Para entender o uso crescente desse material com o metal, mostramos a

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Menu