DCIM100MEDIADJI_0165.JPG

Alubar patrocina 25º Seminário Nacional de Energia Elétrica

Empresa levará ao evento palestras técnicas sobre o cabo ACFR e condutores de alumínio

A Alubar é patrocinadora do 25º Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica (SNPTEE), considerado o maior evento técnico do País sobre o tema. De 10 a 13 de novembro, em Belo Horizonte (MG), o encontro reunirá cerca de 600 trabalhos técnicos.

Organizado a cada dois anos, o evento é voltado para os principais profissionais das concessionárias de energia elétrica, universidades, centros de pesquisa, empresas de engenharia e consultoria, fabricantes de equipamentos e instituições correlatas, além de consumidores do Brasil e do exterior.

Maurício Corona, gerente de Mercado da Alubar, conta que a participação no SNPTEE é estratégica para o relacionamento com os principais executivos das grandes empresas do setor elétrico.

A participação da Alubar no evento se dará por meio de um estande e também por palestras técnicas sobre o cabo ACFR da empresa e os condutores de alumínio Liga 1120.

“Somos líderes de mercado, em especial na área de transmissão. Nossa presença é fundamental, pois podemos nos relacionar com os clientes, marcar presença e mostrar as novas soluções que temos para o setor”, ressalta Corona.

Promovido pelo Comitê Internacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica (Cigré-Brasil), o SNPTEE reúne cerca de dois mil participantes a cada edição. Neste ano, o evento traz dois novos grupos de estudo: Sistemas de distribuição e de geração eólica, solar e armazenamento.

Crédito da imagem de abertura: divulgação

 

 

Veja também:

MRN amplia projeto e garante estudo a alunos em comunidades do Pará

Jovens das comunidades do Alto Trombetas II, localizada na cidade de Oriximiná, Oeste do Pará, cursarão o Ensino Médio com a expansão do Projeto de Apoio à Educação Básica que a Mineração Rio Norte (MRN) mantém com as comunidades quilombolas vizinhas da empresa. “O projeto oferece escola com condições reais de participação desses alunos, para que

Ibram afirma que produção mineral cresceu 11% em 2019

No mesmo dia em que o IBGE divulgou que a indústria extrativa apresentou queda de 9,7% em 2019, sendo determinante para recuo de 1,1% no desempenho da produção industrial brasileira, o Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) apresentou outros resultados: segundo o órgão, a produção mineral, excluindo os segmentos de óleo e gás, cresceu 11% em

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Menu