Mauricio Gouvea

Alubar anuncia reestruturação organizacional

Novo time de diretores visa à consolidação da empresa no Brasil e no exterior

Na busca pelo crescimento e por novos mercados, a Alubar realizou alterações na composição da diretoria para 2020. As mudanças acompanham a evolução da organização que consolida duas novas unidades: uma fábrica de cabos elétricos em Montenegro (RS) e outra de vergalhões de alumínio, em Bécancour, na província de Québec, no Canadá.

“Nós tivemos um crescimento físico espantoso em 2018, um crescimento de negócios grandioso em 2019, e, em 2020, será o momento de consolidar”, avalia Maurício Gouveia, diretor-executivo da Alubar. “Para isso, cabe a nós entender que sempre é possível fazer melhor. É preciso adequar a forma e ampliar a gestão da empresa”, complementa.

Nova configuração

A diretoria-executiva continuará à frente do comando da empresa. Ligadas a ela, estarão:

  • A diretoria-administrativa, que já existia, passando a ser conduzida por Paulo Resque;
  • A diretoria-financeira e contábil, que tem à frente o profissional Rubens Ferreira;
  • A diretoria-industrial, que segue com o gestor André Kishi;
  • A diretoria-comercial, que será dividida em duas novas gestões – a primeira será responsável por todo o mercado na América Latina e será conduzida por Maurício Corona. A segunda seguirá focada na América do Norte, sendo dirigida por Giuseppe Bellezza;
  • A nova diretoria de assuntos corporativos, que tem à frente Otávio Ribeiro;
  • E a nova diretoria de planejamento estratégico, que será conduzida por Fábio Camargo.

Veja também:

De ponta a ponta: multinacionais enxergam com bons olhos a compra de alumínio certificado

O Brasil é o único País do mundo com todas as refinarias de alumina certificadas pela Aluminium Stewardship Initiative (ASI). Em 2017, a organização global criou um programa independente com critérios e padrões, com foco em aspectos ambientais e sociais voltados para a produção, uso e reciclagem do alumínio. A certificação tem dois padrões:Performance: abrange questões

Hydro aumenta número de plantas de extrusão com certificação ASI

A Hydro teve este ano mais 15 unidades de produção certificadas de acordo com o Padrão de Desempenho da Aluminum Stewardship Initiative (ASI), que reconhece a produção, o fornecimento e a administração responsáveis de alumínio. Com isso, a multinacional agora possui 31 instalações de extrusão e fabricação de alumínio com o selo. As unidades recém-certificadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Menu