Cultivando_Online okk

Alcoa retoma programa sobre a Mata Atlântica em Poços de Caldas (MG)

Agora na versão on-line, iniciativa atenderá 170 alunos da rede pública

O Parque Ambiental da Alcoa Poços Caldas, localizado dentro da Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Retiro Branco, reiniciou em maio o programa ‘Cultivando a Mata Atlântica,’ após paralisação devido à pandemia do novo coronavírus. O objetivo é ampliar o conhecimento sobre a realidade ambiental da região.

A retomada, no formato on-line, vai beneficiar 170 alunos das instituições municipais de ensino Wilson Hedy Molinari, Irmão José Gregório, Alvin Hosken de Oliveira e José Raphael dos Santos Neto, além da Escola Estadual Cleuza Lovato Caliari. Todas já receberam kits do programa, com apostila e caderno de atividades.

Ao todo serão promovidas 15 videoaulas. Já as visitas presenciais ao Parque Ambiental, Fundação Jardim Botânico de Poços de Caldas e Zoo das Aves serão promovidas depois do retorno às aulas presenciais, ainda sem data definida.

“No ano passado, já estávamos preparados para iniciar as turmas. Quando a pandemia começou, tivemos de adiá-las. Este ano, com o apoio dos nossos parceiros, conseguimos viabilizar o programa no formato virtual, a fim de preservar a segurança de todos. Estamos entusiasmados com as primeiras videoaulas. Foi um grande presente de aniversário do nosso Parque Ambiental, que completou 28 anos de atividades”, comemora Maria Cristina Gonçalves, consultora de Assuntos Institucionais da Alcoa.

O programa ‘Cultivando a Mata Atlântic’a, iniciado em 2014, conta com parceria da Secretaria Municipal de Educação de Poços de Caldas, Superintendência Regional de Ensino, Fundação Jardim Botânico de Poços de Caldas, Zoo das Aves e Consultoria Enutrium. Cerca de 2.500 alunos do 7º ano da rede municipal de ensino já foram atendidos.

Veja também:

Consumo de alumínio tem alta de 25,2% no 1º semestre de 2021

A pesquisa de mercado consolidada pela Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) no primeiro semestre de 2021 revela que o consumo doméstico de produtos transformados cresceu 25,2% em relação ao mesmo período do ano passado. O volume total foi de 805 mil t, sendo 88% de origem nacional e o restante de importações. “O bom desempenho

Estudos conduzidos pela CBA e UFV são destaque internacional

A parceria entre a Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) e a Universidade Federal de Viçosa (UFV) continua rendendo bons resultados e reconhecimentos na área ambiental. Diversas pesquisas sobre restauração florestal, conservação hídrica e reabilitação ambiental foram temas de publicações científicas do mundo inteiro. “Nossa busca pela eficiência e o investimento contínuo em inovação tecnológica estão

Balança comercial: alumínio registra superávit no primeiro semestre de 2021

De acordo com a Associação Brasileira do Alumínio (ABAL), a balança comercial do setor no primeiro semestre de 2021 registrou superávit de US$ 623 milhões (valor FOB, sigla em inglês para designar o frete em que a responsabilidade pelo transporte da mercadoria é do cliente). O resultado positivo se deve, principalmente, às exportações de alumina

Rolar para cima