Santa Casa de Andradas

Alcoa destina R$ 144 mil para Santa Casa de Andradas, em MG

Desde o início da crise sanitária, empresa já investiu R$ 1,2 milhão na região

Para colaborar com o enfrentamento da Covid-19, a Alcoa doou, por meio da Alcoa Foundation, R$ 144 mil para a Santa Casa de Andradas, em Minas Gerais. O recurso foi utilizado para aquisição de um aparelho de ultrassom pulmonar e equipamentos de apoio.

O ultrassom permite realizar o exame à beira-leito sem necessidade de movimentação do paciente para outro setor. Além disso, possibilita acompanhar diariamente o acometimento pulmonar do paciente e, como não emite radiação, pode ser repetido diversas vezes. 

“Desde o início da pandemia temos buscado todas as formas para colaborar com as comunidades em que atuamos. Estamos muito felizes em conseguir trazer para a nossa região mais esse importante recurso. Temos a certeza de que essa doação terá um impacto muito positivo no atendimento aos pacientes com Covid-19 de Andradas e região”, destaca Walmer Rocha, gerente de Operações da Alcoa Poços de Caldas.

Cecília Del Pilar Staut, diretora-administrativa da Santa Casa de Andradas, afirma que o equipamento representa um grande avanço na qualidade de atendimento aos pacientes.

“Nessa fase de pandemia, o ultrassom é essencial, mas ele colaborará também no diagnóstico de outras patologias, além de ajudar a reduzir custos, pois nosso serviço nessa área é terceirizado. Agradecemos imensamente à Alcoa, pois só com o esforço conjunto entre a instituição e os seus parceiros conseguimos superar os problemas financeiros e garantir a nossa missão de salvar vidas”, destaca a diretora.

A Alcoa já investiu R$ 1,2 milhão – recursos da própria unidade, do Instituto Alcoa e da Alcoa Foundation – para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus na região.

Veja também:

Nova edição do Foco&Futuro, da ABAL, já tem mais de 1000 inscritos

O projeto Foco&Futuro, realizado pela Associação Brasileira do Alumínio (ABAL), já superou a marca de 1000 inscritos. Com a proposta de “Impactar, desafiar e selecionar”, a nova edição pretende conduzir estudantes e jovens profissionais a uma trilha de conhecimento sobre a cadeia produtiva do alumínio. Neste ano, o projeto adota o formato hackathon. Cerca de

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima