Dia: 5 de junho de 2016

Projeto piloto de certificação de pegada de carbono abre caminho para que a indústria brasileira ganhe competitividade frente aos mercados mais exigentes

Embora o Brasil conte com uma matriz energética limpa e amplo acesso a recursos naturais, suas empresas ainda não possuem um certificado que ateste que elas são realmente “ecoamigáveis”, por emitirem menos gases do efeito estufa (GEE) – mesmo com o mercado cada vez mais exigente quanto à reputação ambiental de seus fornecedores. Ciente disso, a

Projeto piloto de certificação de pegada de carbono abre caminho para que a indústria brasileira ganhe competitividade frente aos mercados mais exigentes Leia mais »

Rolar para cima
Menu