Termomecanica fará novos investimentos em sua linha de alumínio

Após investir R$ 27 milhões na sua primeira linha do metal, companhia quer aportar mais recursos para dobrar a produção

A Termomecanica, empresa brasileira especialista na transformação de metais não ferrosos e cobre em produtos semielaborados e acabados , inaugurou no ano passado uma unidade em São Bernardo do Campo (SP) para a fabricação de produtos de alumínio, principalmente para os segmentos de energia e refrigeração. Ao todo, para colocar a planta em operação, foram gastos R$ 27 milhões.

Entusiasmada com o mercado de alumínio, a empresa acaba de anunciar que irá investir mais R$ 5 milhões na sua linha de produção, a fim de dobrar a capacidade produtiva em 2019 — hoje, a planta trabalha em três turnos, com 95% de sua capacidade total.

“Há um grande potencial para o alumínio por conta da versatilidade e variedade de aplicações que comporta. É um metal alternativo ao cobre para o setor de refrigeração; ao aço na indústria automobilística; e ao papel, plástico e vidro no setor de embalagem, apenas para citar alguns exemplos”, explica Pedro Torina, diretor de operações industriais da Termomecanica.

Participando pela primeira vez da ExpoAlumínio, que acontece de 3 a 5 de setembro no São Paulo Expo, a empresa pretende se inserir cada vez mais no segmento. “Somos conhecidos pela transformação de cobre, mas queremos mostrar que também somos especialistas no alumínio”, revela Paulo Cezar Marins Pereira, superintendente de vendas e marketing da companhia.

Prova disso é que a Termomecanica pretende, assim como faz com o cobre, passar a oferecer ligas de alumínio especificas para as necessidades de seus clientes, mais complexas e de maior valor agregado.

 

 


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *