Casa do Alumínio mostra a versatilidade do material na ExpoAlumínio 2018

Projeto mostrará a importância do metal nas residências e como ele está inserido no dia a dia das pessoas

Os participantes da ExpoAlumínio 2018 e do 8º Congresso Internacional do Alumínio, que serão realizados de 3 e 5 de setembro, no São Paulo Expo, poderão visitar o espaço “Casa do Alumínio – Uma experiência de arquitetura, arte e design”. Seu objetivo é mostrar a importância do metal nas residências e como ele está inserido no dia a dia das pessoas.

O projeto é uma realização do Ministério da Cultura-Lei Rouanet e da Quattro Projetos, com chancela da Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) e patrocínio da Alcoa, Companhia Brasileira do Alumínio (CBA), Hydro e Novelis.

A casa cenográfica ocupará 100 m2 e será composta por espaços como quarto, copa, living, banheiro, varanda e garagem. “A proposta da instalação é mostrar essa presença, muitas vezes imperceptível, porém fundamental, do alumínio em uma casa, proporcionando conforto, bem-estar, praticidade e segurança na vida das pessoas”, explica Magda Reis, consultora do projeto, que complementa: “Trata-se de um material que, por suas características intrínsecas, já está consagrado em algumas aplicações na arquitetura e tem conquistado a preferência de projetistas de outros setores”.

No espaço, os visitantes poderão ampliar sua experiência por meio de conteúdos em tablets e vídeos curtos com explicações sobre os benefícios e aplicações do alumínio em cada item da casa. Dessa maneira, conhecerão mais sobre arte e design, a história do metal e sua aplicação em transportes, embalagens, utilidades domésticas e construção civil.

“A Casa do Alumínio oferece uma forma lúdica e interativa de levar ao público as muitas aplicações desse material polivalente. Assim, a ABAL cumpre a sua função de difundir o conhecimento sobre o alumínio e mostrar como ele está presente no nosso dia a dia, nas mais variadas formas”, resume Milton Rego, presidente-executivo da ABAL.

No ambiente, também estarão expostas obras de arte que levam alumínio, feitas pelos artistas Maria Bonomi, Hans Günter Flieg, Paulo Bordhin, Vicente Nu, Osni Branco, Hugo Curti, Tatiana Stropp, Silvia Ruiz, Regis Ribeiro, Mafê de Biaggi, Fabricio de Petta Barbosa, Marcelo Theodoro e Marianne Arnone. Peças decorativas com o material, desenvolvidas pelos designers Humberto e Fernando Campana, Guto Índio da Costa, Richard Nascimento e Kati Takahashi, entre outros, serão exibidas.

Explica o diretor-cultural da Casa do Alumínio, Flavio Enninger: “Nosso objetivo é mostrar por meio da arte, do design e da arquitetura como o alumínio está presente nessas aplicações, criando um diferencial estético e de vanguarda, seja pela sua aparência, seja pelas características ímpares que esse metal permite na construção dessas peças”.

Ao término da ExpoAlumínio, o projeto deve ser levado às cidades de Alumínio e Pindamonhangaba, em São Paulo; Brasília, no Distrito Federal; Belém, no Pará; e São Luís, no Maranhão.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *